Análise do Impacto das Publicações Científicas Qualificadas na Área de Ciências Agrárias I da Capes

  • Edilson Messias Gonçalves Júnior Universidade Federal de Alfenas
Palavras-chave: Métricas. Correlação. Qualis. Indicadores.

Resumo

No Brasil, alguns dos índices utilizados na avaliação da difusão da ciência são: o índice Qualis, os índices h, g e h normalizado além do fator de impacto e sua versão proprietária o JCR. Este artigo tem por objetivo avaliar o impacto e a qualidade dos periódicos da área de Ciências Agrárias I da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), no período de 2010 a 2016. Essa avaliação se deu a partir de diversos vieses, sendo que para alguns puderam ser analisadas todas as 3975 revistas (censo) e, para outros, uma amostra de 748 revistas. Foram avaliados o Qualis, citações por artigo, número de artigos publicados, número de autores por artigo, índice g, índice h, índice h individual normalizado (hinorm), número de citações, número de artigos, fator de impacto (FI) e JCR (Jornal Citation Reports). Os dados referentes ao Qualis foram obtidos da plataforma Sucupira da Capes, enquanto as demais variáveis foram coletadas a partir do software Harzing’s Publish or Perish. O tratamento estatístico e a tabulação dos dados foram feitas no software estatístico R e no software Excel, respectivamente. Os resultados apontam que existe uma correlação positiva entre todas as métricas de impacto supramencionadas e uma correlação baixa do Qualis com as outras métricas de avaliação da produção científica.

Referências

Barata, R.c.b. Dez coisas que você deveria saber sobre o Qualis. Revista Brasileira de Pós-graduação, Brasília, v.13, n.30, p.13-40. 2016. DOI: 10.21713/2358-2332.2016.v13.947.

Borges de Oliveira, Aline. Comparação entre o qualis/capes e os índices h e g: o caso do portal de periódicos ufsc. 2015. Disponível em: https://bit.ly/2kdJYH7. DOI: https://bit.ly/2lzRdJO.

Draper, N.r. and Smith, H. (1981) Applied Regression Analysis. 2nd Edition, John Wiley & Sons, New York.

Egghe, l. Theory and practise of the g-index. Scientometrics; v.69, n.1, p.131–152. 2006.

Federizzi, l.c. et al. Critérios de classificação Qualis: Ciências Agrárias I. 2016. Disponível em: . Acesso em: 04 mai. 2019.

Ferreira, Ana Gabriela Clipes. 2010. Bibliometria na avaliação de periódicos científicos. Disponível em: https://bit.ly/2lwx7Qq. Acesso em: Ago 2019.

Harzing, A.w. Publish or Perish. 2007. Disponível em: http://www.harzing.com/pop.html. cesso em: 22 mai. 2018

Harzing, a.w.; alakangas, s.; Adams, D. (2014) hIa: An individual annual h-index to accommodate disciplinary and career length differences, Scientometrics, vol. 99, no. 3, pp. 811-821. Available online...-Publisher's version (read for free) -Related blog post

Hirsch, J.e, An index to quantify an individual’s scientific research output. Disponível em: https://bit.ly/2kgl9KI. Acesso em: 30 mai 2019.

Innocentini Hayashi, Mcp. 2012. Sociologia da ciência, bibliometria e cientometria: contribuições para a análise da produção científica. Dísponível em: https://bit.ly/2lAiBqM. Acesso em: Set 2019.

Packer, Abel. 2010. Os Periódicos Brasileiros e a Comunicação da Pesquisa Nacional. Disponível em: https://bit.ly/2lPZRDQ; Acesso em: Ago 2019.

Pinto, a; Andrade, J. Fator de Impacto de Revistas Científicas: qual o Significado deste Parâmetro?.1999. Dísponível em: https://bit.ly/2jXYum2. DOI: https://bit.ly/2xqqXoT; Acesso em: jun 2019.

Siegel, s.; Castellan Jr, N.J. Estatística não paramétrica para as ciências do comportamento; 2º ed. São Paulo: Artmed Bookman, 2006.
Publicado
2019-09-09
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS