APORTES TEÓRICOS E METODOLÓGICOS PARA A CONSTITUIÇÃO DE UM GRUPO DE PLANEJAMENTO CONJUNTO COM DOCENTES DA LICENCIATURA EM FÍSICA/THEORETICAL AND METHODOLOGICAL CONTRIBUTIONS TO THE FORMATION OF JOINT PLANNING GROUPS WITH TEACHERS OF PHYSICS DEGREE COURSE

  • João Ricardo Neves da Silva Universidade Federal de Itajubá
  • Lizete Maria Orquiza de Carvalho FEIS/UNESP - Campus de Ilha Solteira

Resumo

 Apresenta-se, neste artigo, parte dos resultados de uma pesquisa que teve por intenção promover um espaço de interação comunicativa entre os docentes da licenciatura em Física a fim de que pudessem planejar suas disciplinas em conjunto. A partir das recomendações da Teoria da Ação Comunicativa, de Jürgen Habermas, foi possível traçar um cenário da crise de racionalidade na formação em licenciatura em Física no Brasil e, então, propor a criação de um Grupo de Planejamento Conjunto (GPC) com professores de disciplinas de cunho específico da Física e de ensino de Física para a discussão conjunta da relação entre suas disciplinas na concretização de um projeto de formação de futuros professores. Todas as reuniões desenvolvidas ao longo de um ano letivo nos dois GPC foram gravadas, transcritas e analisadas de acordo com um recurso metodológico de análise das interações intersubjetivas de influência habermasiana, desenvolvido especificamente para a pesquisa. As conclusões se relacionam às construções conjuntas empreendidas, aos contextos locais do GPC e à possibilidade de extensão desse grupo. As construções conjuntas empreendidas no grupo apontam para a defesa da formação de GPC nas licenciaturas em Física como formação do docente universitário que leciona essa disciplina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Ricardo Neves da Silva, Universidade Federal de Itajubá
Atualmente é docente do Instituto de Física e Química da Universidade Federal de Itajubá (MG). Possui graduação em Licenciatura em Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FCT/UNESP - Campus de Presidente Prudente) (2008) e mestrado em Educação para a Ciência e a Matemática pela Universidade Estadual de Maringá (2010), Atualmente é aluno do curso de Doutorado em Educação para a Ciência pela FC/UNESP - Câmpus de Bauru. Atua principalmente nos seguintes temas: Formação inicial e continuada de professores de Física, Inserção de Física Moderna e Contemporânea no Ensino Médio, Interação entre docentes e Formação do docente universitário, Teoria da Ação Comunicativa, Teoria Crítica
Lizete Maria Orquiza de Carvalho, FEIS/UNESP - Campus de Ilha Solteira
Possui graduação em Licenciatura em Física pela Universidade Estadual de Londrina (1979), graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual de Londrina (1975), mestrado em Ensino de Ciências (Modalidade Física e Química) pela Universidade de São Paulo (1986) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (1994). Realizou estágio de pós-doutoramento no College of Education, da Michigan State University (1996 e 1997). Atualmente é professora adjunta no Departamento de Física e Química da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e docente do Curso de Pós-graduação em Educação para a Ciência da UNESP. Tem experiência na área de Educação, com ênfase na formação de professores, atuando principalmente nos seguintes temas: educação científica, formação inicial de professores de Física e formação de professores de Ciências no contexto escolar.
Publicado
2014-03-25
Seção
Artigos