A Garantia Literária na Representação do Conhecimento

The Literary Warrant in the Representation of Knowledge

Autores

  • Gercina Angela de Lima

Palavras-chave:

garantia literária; validação semântica; representação do conhecimento; vocabulários controlados

Resumo

Uma das primeiras etapas para a construção de um vocabulário controlado (VC) é a seleção e a validação dos termos que serão incluídos no instrumento. Entre os princípios mais antigos que são utilizados para esse processo está a garantia literária, introduzido pela primeira vez por Hulme (1911), o qual parte do pressuposto de que essa seleção deve fundamentar-se na literatura da área, com os termos mais representativos, de uma forma empírica, no caso, selecionados a partir de documento. Considerando que esse princípio não tem sido muito estudado, vista a incipiência da literatura sobre o tema, principalmente com o surgimento de novos sistemas de organização do conhecimento (SOC) e as novas tecnologias, este estudo baseia-se na seguinte questão: as contribuições do princípio da garantia literária de Hulme (1911) são seguidas na seleção e validação
da terminologia de um domínio para sua representação no contexto atual? Destarte, o objetivo deste artigo é lançar um olhar na literatura sobre os estudos que evidenciem uma metodologia para sua aplicação, com critérios para sua utilização correta, principalmente para acompanhar o surgimento de novos sistemas de organização do conhecimento e a contribuição das tecnologias. Para tanto, realizou-se uma pesquisa bibliográfica sobre o tema nas bases de dados da  área, fez-se a análise de todas as referências bibliográficas recuperadas, selecionaram-se as mais relevantes e deu-se seguimento à condensação dos
conteúdos, ao seu registro, e à elaboração do texto. A metodologia se caracteriza como exploratória e analítico-descritiva, pois seus resultados apontam para a necessidade de estudos futuros, já que o objetivo proposto foi parcialmente alcançado. Como resultado, a partir da análise da literatura, ficou evidenciado que existe uma lacuna temporal nas publicações, o que acarretou uma incipiência de estudos na área. Verificou-se, também, que existe necessidade de pesquisar mais os procedimentos de uso do princípio garantia literária. Ao final, apresenta-se como contribuição uma definição de garantia literária, sugerida a partir da
literatura analisada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-11-24

Como Citar

Angela de Lima, G. . (2022). A Garantia Literária na Representação do Conhecimento: The Literary Warrant in the Representation of Knowledge. Fronteiras Da Representação Do Conhecimento, 1(2), 164–195. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/fronteiras-rc/article/view/41831