[1]
R. . Marques Garcia e W. K. Fernandes de Santana, “O futebol brasileiro e a constituição de sujeitos trans: sob as lentes do cronotopo bakhtiniano”, FuLiA/UFMG, vol. 4, nº 3, p. 66–80, jun. 2020.