The bear in the bush

  • Aimara da Cunha Resende Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

This study discusses the different use of duplication in the structuring of ideological stances in A Midsummer Night’s Dream. Linear duplication reinforced by classical motives and techniques forms the delimitation characteristic of Renaissance art while voicing the ideals of the status quo. On the other band, not seldom simultaneously, a complex play of mirrors brings about the effusion and blurred contours of Baroque art and ironically destroys the established artistic and social ideals of the time, introducing doubt and a sense of relativity.

Este estudo discute o uso diferenciado da duplicação no processo de construção de Sonho de uma Noite de Verão. A duplicação linear, reforçada por motivos e técnicas clássicas, forma a delimitação característica da arte renascentista enquanto expressa os ideais do status quo. Por outro lado, e não raro, um complexo jogo de espelhos leva à efusão e aos contornos indistintos da arte barroca, destruindo ironicamente os ideais artísticos e sociais vigentes, introduzindo a dúvida e a relatividade.

Publicado
1989-12-31