[1]
F. A. R. de Menezes, “Anne Frank e Michel Laub: os diários e a violência cotidiana”, maaravi, vol. 13, nº 24, p. 55-73, maio 2019.