Cesila, R. T. . (2020). As serpentes de Virgílio e de Odorico Mendes: efeitos poéticos e autotextualidade em Geórgicas, 3.414-439 e em dois passos do canto 2 da Eneida . Nuntius Antiquus, 15(2), 123–142. https://doi.org/10.17851/1983-3636.15.2.123-142