FREDRIC JAMESON, TEÓRICO DA PÓS-MODERNIDADE

  • Giovanna Henrique Marcelino

Resumo

Este artigo visa abordar a intervenção de Fredric Jameson no debate sobre a pós-modernidade. O objetivo principal é situar e posicionar a interpretação apresentada pelo autor nos anos 1980 em relação ao contexto teórico mais amplo em que estava inserido, marcado por discussões como as de “fim da modernidade” e “crise do marxismo”. Nesse sentido, pretende-se centrar não na temática que propriamente consolidou sua obra – a crítica cultural – mas na própria relação íntima que ela possui com outro aspecto, que ocupa uma posição igualmente importante em sua teoria: a crítica social. Com isso, espera-se evidenciar as contribuições originais que a teoria de Jameson oferece para o campo da sociologia contemporânea, sobretudo, para uma atualização do marxismo e de seu diagnóstico do presente histórico, a partir da apreensão crítica das transformações do capitalismo nas últimas décadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-31
Seção
Artigos / Dossiê