VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO INÍCIO DA PANDEMIA DA COVID-19: O DISCURSO DAS MÍDIAS DIGITAIS

Autores

  • Lucimara Fabiana Fornari Universidade de São Paulo - USP, Escola de Enfermagem, Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva, São Paulo SP , Brasil, Universidade de São Paulo - USP, Escola de Enfermagem, Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva. São Paulo, SP - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-8655-6549
  • Mariana Sbeghen Menegatti Universidade de São Paulo - USP, Escola de Enfermagem, Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva, São Paulo SP , Brasil, Universidade de São Paulo - USP, Escola de Enfermagem, Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva. São Paulo, SP - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-4490-0356
  • Rafaela Gessner Lourenço Universidade Federal do Paraná - UFPR, Departamento de Enfermagem, Curitiba PR , Brasil, Universidade Federal do Paraná - UFPR, Departamento de Enfermagem. Curitiba, PR - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-3855-0003
  • Danyelle Leonette Araújo dos Santos Secretaria Estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte - SESAPRN, Departamento de Enfermagem, Natal RN , Brasil, Secretaria Estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte - SESAPRN, Departamento de Enfermagem. Natal, RN - Brasil. http://orcid.org/0000-0001-9820-5394
  • Rebeca Nunes Guedes de Oliveira Universidade Municipal de São Caetano do Sul - USCS, Departamento de Enfermagem, São Caetano do Sul SP , Brasil, Universidade Municipal de São Caetano do Sul - USCS, Departamento de Enfermagem. São Caetano do Sul, SP - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-8784-9589
  • Rosa Maria Godoy Serpa da Fonseca Universidade de São Paulo - USP, Escola de Enfermagem, Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva, São Paulo SP , Brasil, Universidade de São Paulo - USP, Escola de Enfermagem, Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva. São Paulo, SP - Brasil. http://orcid.org/0000-0001-9440-0870

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2021.44504

Palavras-chave:

Violência Doméstica, Violência contra a Mulher, Pesquisa Qualitativa, Pandemias, Meios de Comunicação de Massa, Saúde da Mulher

Resumo

Objetivo: analisar como as mídias digitais retrataram a violência contra a mulher no início da pandemia da COVID-19, no Brasil, à luz de gênero. Método: estudo descritivo de abordagem qualitativa que utilizou dados online (notícias e comentários) publicados em plataformas digitais: portais de notícias, jornais, sites governamentais e de organizações feministas e rede social Twitter. Os dados foram extraídos por meio de instrumento semiestruturado e tratados pela análise de conteúdo temática, com suporte do software webQDA. Resultados: foram encontradas três categorias empíricas: os reflexos da COVID-19 nos números da violência contra a mulher; a COVID-19 desvelando a violência contra a mulher no público e no privado; COVID-19 e violência contra a mulher: duas pandemias em paralelo. No início da pandemia constataram-se aumento e agravamento das violações, provavelmente relacionados ao distanciamento social e à piora da crise econômica. As narrativas abordaram a violência contra a mulher primordialmente como um fenômeno diretamente relacionado à pandemia e às medidas de distanciamento social ou às consequências da crise sanitária. Conclusão: os resultados instigam à reflexão e provocam o reconhecimento da vulnerabilidade das mulheres à violência no ambiente doméstico, por meio da abordagem crítica do fenômeno pelas mídias para a desconstrução dos padrões sexistas androcêntricos e para a busca pela equidade de gênero. Ficou evidente a potencialidade das mídias digitais para compreender a expressão da violência contra a mulher em um momento singular da história, estimulando reflexões que podem contribuir para o seu enfrentamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Organization World Health. WHO announces COVID-19 outbreak a pandemic. Genebra: WHO; 2020[citado em 2020 ago. 26]. Disponível em: http://www.euro.who.int/en/health-topics/health-emergencies/coronavirus-covid-19/news/news/2020/3/who-announces-covid-19-outbreak-a-pandemic

Adorno S. Pandemia. Estud Av. 2020[citado em 2020 ago. 26];34(99):2-3. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142020000200002&tlng=pt

Un Women. COVID-19 and Ending Violence Against Women and Girls. 2020[citado em 2021 fev. 16]. Disponível em: https://www.unwomen.org/en/digital-library/publications/2020/04/issue-brief-covid-19-and-ending-violence-against-women-and-girls

Onu Mulheres. Prevenção da violência contra mulheres diante da Covid-19 na América Latina e no Caribe. 2020[citado em 2021 fev. 16]. Disponível em: http://www.onumulheres.org.br/wp-content/uploads/2020/05/BRIEF-PORTUGUES.pdf

Agüero JM. COVID-19 and the rise of intimate partner violence. World Dev. 2021[citado em 2021 fev. 16];137:105217. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0305750X20303442?via%3Dihub

Fórum Brasileiro de Saúde Pública (FBSP). Violência doméstica durante a pandemia de Covid-19. 2ª ed. São Paulo: FBPS; 2020[citado em 2021 fev. 17]. Disponível em: http://forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2020/06/violencia-domestica-covid-19-ed02-v5.pdf

Bandeira LM, Amaral M. Violência, corpo e sexualidade: um balanço da produção acadêmica no campo de estudos feministas, gênero e raça/cor/etnia. Rev Bras Sociol. 2017[citado em 2020 set. 01];5(11):48-85. Disponível em: http://www.sbsociologia.com.br/rbsociologia/index.php/rbs/article/view/312

Ribeiro GF. Mulher na Mídia: uma análise crítica das abordagens sobre casos de violência contra mulher em jornais do Maranhão. Cad Genero Divers. 2017[citado em 2020 set. 01];3(1):150-9. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/cadgendiv/article/view/22247

Rogers R. Digital methods for web research. In: Scott RA, Kosslyn SM, organizadores. Emerging Trends in the Social and Behavioral Sciences. 2015[citado em 2021 fev. 17]. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/9781118900772.etrds0076

Minayo MCS. Amostragem e saturação em pesquisa qualitativa: consensos e controvérsias. Rev Pesqui Qual. 2017[citado em 2020 dez. 05];5(7):1-12. Disponível em: https://editora.sepq.org.br/rpq/article/view/82/59

Inloco. Mapa brasileiro da COVID-19. 2021[citado em 2021 fev. 17]. Disponível em: https://mapabrasileirodacovid.inloco.com.br/pt/

Bardin L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70; 2011. 280p

Costa AP, Moreira A, Souza FN. WebQDA - Qualitative Data Analysis. Aveiro - Portugal: Aveiro University and MicroIO; 2019[citado em 2020 set. 01]. Disponível em: https://www.webqda.net/

Egry EY, Fonseca RMGS, Oliveira MADC. Ciência, Saúde Coletiva e Enfermagem: destacando as categorias gênero e geração na episteme da práxis. Rev Bras Enferm. 2013[citado em 2020 set. 01];66:119-33. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672013000700016&lng=pt&tlng=pt

Zanatta LF, Grein MI, Álvarez-Dardet C, Moraes SPD, Brêtas JRDS, Ruiz-Cantero MT, Roses M. Igualdade de gênero: por que o Brasil vive retrocessos? Cad Saúde Pública (Online). 2016[citado em 2020 set. 09];32(8):e00089616. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2016000800301&lng=pt&tlng=pt

Fawole OI, Okedare OO, Reed E. Home was not a Safe Haven: Women's Experiences of Intimate Partner Violence during the COVID-19 Lockdown in Nigeria. BMC Womens Health. 2021[citado em 2021 fev. 17];21(1):1-7. Disponível em: https://bmcwomenshealth.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12905-021-01177-9

Borba R. Disgusting politics: circuits of affects and the making of Bolsonaro. Soc Semiot 2020[citado em 2021 fev. 17];1-19. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/10350330.2020.1810554

Berenguer BZ, García-Gordillo MP. Methodological proposal for the evaluation of the ethical quality of news about violence against women. Commun Soc. 2017[citado em 2020 set. 09];30(1):73-85. Disponível em: https://revistas.unav.edu/index.php/communication-and-society/article/view/35796.

Cal MIC, Correa-Chica A. The social representation of gender violence in generalist written press: El País, El Mundo, and ABC (2000-2015). Univ Psychol. 2019[citado em 2020 set. 09];18(2):1-11. Disponível em: https://revistas.javeriana.edu.co/index.php/revPsycho/article/view/24689

Bouillon-Minois JB, Clinchamps M, Dutheil F. Coronavirus and quarantine: catalysts of domestic violence. Violence Against Women. 2020[citado em 2020 set. 09]. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/1077801220935194

Viero A, Barbara G, Montisci M, Kustermann K, Cattaneo C. Violence against women in the Covid-19 pandemic: a review of the literature and a call for shared strategies to tackle health and social emergencies. Forensic Sci Int. 2021[citado em 2021 fev. 17];319:110650. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0379073820305120?via%3Dihub. DOI: 10.1016/j.forsciint.2020.110650

Meira EC, Reis LAD, Gonçalves LHT, Rodrigues VP, Philipp RR. Vivências de mulheres cuidadoras de pessoas idosas dependentes: orientação de gênero para o cuidado. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2017[citado em 2020 set. 02];21(2):e20170046. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ean/v21n2/1414-8145-ean-21-02-e20170046.pdf

Marques ES, Moraes CLD, Hasselmann MH, Deslandes SF, Reichenheim ME. A violência contra mulheres, crianças e adolescentes em tempos de pandemia pela COVID-19: panorama, motivações e formas de enfrentamento. Cad Saúde Pública. 2020[citado em 2020 set. 02];36(4):e00074420. Disponível em:https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2020000400505&tlng=pt

First JM, First NL, Houston JB. Intimate partner violence and disasters: a framework for empowering women experiencing violence in disaster settings. Affilia. 2017[citado em 2020 set. 03];32(3):390-403. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/0886109917706338.

Beauvoir S. Por que sou feminista Entrevista de Simone de Beauvoir concedida para o programa “Questionnaire”, por Jean-Louis Servan-Schreiber. 1975[cited 2020 Sept 03]. Available from: https://femininoeplural.wordpress.com/2017/01/17/entrevista-de-1975-com-simone-de-beauvoir-video-com-legenda/

Publicado

06-09-2021

Como Citar

1.
Fornari LF, Menegatti MS, Lourenço RG, Santos DLA dos, Oliveira RNG de, Fonseca RMGS da. VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO INÍCIO DA PANDEMIA DA COVID-19: O DISCURSO DAS MÍDIAS DIGITAIS. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 6º de setembro de 2021 [citado 14º de junho de 2024];25(1). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/44504

Edição

Seção

Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)