CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DO CONTEÚDO DA CARTILHA PARA CRIANÇAS "É HORA DE PEGAR MINHA VEIA: O QUE EU FAÇO?"

Autores

  • Luciano Marques dos Santos Universidade Estadual de Feira de Santana, Departamento de Saúde, Feira de Santana BA , Brasil, Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS, Departamento de Saúde. Feira de Santana, BA - Brasil; Universidade Federal de São Paulo - USP, Escola de Enfermagem. São Paulo, SP - Brasil. http://orcid.org/0000-0001-7866-6353
  • Valéria Laize de Oliveira Lima UEFS, Departamento de Saúde, Feira de Santana Bahia , Brasil, UEFS, Departamento de Saúde - Feira de Santana, Bahia - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-1088-6787
  • Cleonara Sousa Gomes e Silva UEFS, Departamento de Saúde, Feira de Santana Bahia , Brasil, UEFS, Departamento de Saúde - Feira de Santana, Bahia - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-4827-8306
  • Jaqueline Dantas da Silva UEFS, Departamento de Saúde, Feira de Santana Bahia , Brasil, UEFS, Departamento de Saúde - Feira de Santana, Bahia - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-4581-1195
  • Silvia da Silva Santos Passos UEFS, Departamento de Saúde, Feira de Santana Bahia , Brasil, UEFS, Departamento de Saúde - Feira de Santana, Bahia - Brasil. http://orcid.org/0000-0002-2104-5131
  • Evanilda Souza de Santana Carvalho UEFS, Departamento de Saúde, Feira de Santana Bahia , Brasil, UEFS, Departamento de Saúde - Feira de Santana, Bahia - Brasil. http://orcid.org/0000-0003-4564-0768

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2021.44516

Palavras-chave:

Educação em Enfermagem, Tecnologia Educacional, Criança, Estudo de Validação, Cateterismo, Materiais de Ensino, Prospecto para Educação de Pacientes, Educação em Saúde.

Resumo

Objetivo: construir e validar o conteúdo da cartilha “É hora de pegar a minha veia: o que eu faço?”, juntamente com juízes especialistas na área da Pediatria, para o preparo de crianças com necessidade de cateterização intravenosa periférica. Método: trata-se de um estudo metodológico do tipo validação de conteúdo, desenvolvido conforme o checklist COSMIM, realizado no período de fevereiro de 2015 a fevereiro de 2017, em quatro etapas: diagnóstico situacional, levantamento bibliográfico, seleção e sumarização do conteúdo, elaboração da cartilha e sua validação. Participaram do estudo 11 juízas especialistas na área de Pediatria. Para o processo de validação utilizou-se a técnica Delphi. Consideraram-se como índice de validação de conteúdo desejável os valores iguais ou superiores a 0,80. Resultados: a cartilha obteve índices satisfatórios nas categorias conteúdo, linguagem, ilustração, layout, motivação, cultura e aplicabilidade, sendo validada na segunda rodada com índice de validação de conteúdo global de 0,93. Conclusão: o objetivo do estudo foi alcançado, sendo a cartilha construída e validada pelos juízes especialistas, portanto, pode ser um recurso tecnológico de promoção do cuidado para crianças com necessidade de cateterização intravenosa periférica, configurando-se em uma medida de segurança do paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Campbell L, DiLorenzo M, Atkinson N, Riddell RP. Systematic Review: a systematic review of the interrelationships among children’s coping responses, children’s coping outcomes, and parent cognitive-affective, behavioral, and contextual variables in the needle-related procedures context. J Pediatr Psychol. 2017[citado em 2020 abr. 18];42(6):611-21. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5939628/pdf/jsx054.pdf

Birnie KA, Noel M, Chambers CT, Uman LS, Parker JA. Psychological interventions for needle-related procedural pain and distress in children and adolescents. Cochrane Database Syst Rev. 2018[citado em 2020 abr. 16];10(10):CD005179. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6517234/pdf/CD005179.pdf

Wong CL, Lui MMW, Choi KC. Effects of immersive virtual reality intervention on pain and anxiety among pediatric patients undergoing venipuncture: a study protocol for a randomized controlled trial. Trials. 2019[citado em 2020 abr. 15];20(1):369. Disponível em: https://trialsjournal.biomedcentral.com/track/pdf/10.1186/s13063-019-3443-z

Katende G, Mugabi B. Comforting strategies and perceived barriers to pediatric pain management during IV line insertion procedure in Uganda’s national referral hospital: a descriptive study. BMC Pediatr. 2015[citado em 2020 abr. 17];15:122. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4572629/pdf/12887_2015_Article_438.pdf

Mokkink LB, Terwee CB, Patrick DL, Alonso J, Stratford PW, Knol DL, et al. COSMIN checklist manual. 2012[citado em 2020 abr. 15]. Disponível em: https://fac.ksu.edu.sa/sites/default/files/cosmin_checklist_manual_v9.pdf

Lemos RA, Veríssimo MLÓR. Estratégias metodológicas para elaboração de material educativo: em foco a promoção do desenvolvimento de prematuros. Ciênc Saúde Colet. 2020[citado em 2020 abr. 20];25(2):505-18. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v25n2/1413-8123-csc-25-02-0505.pdf

Coluci MZO, Alexandre NMC, Milani D. Construção de instrumentos de medida na área da saúde. Ciênc Saúde Colet. 2015[citado em 2020 abr. 20];20(3):925-36. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v20n3/1413-8123-csc-20-03-00925.pdf

Revorêdo LS, Maia RS, Torres GV, Maia EMC. O uso da técnica delphi em saúde: uma revisão integrativa de estudos brasileiros. Arch Health Sci. 2015[citado em 2020 abr. 21];22(2):16-21. Disponível em: http://www.cienciasdasaude.famerp.br/index.php/racs/article/view/136/61

Polit DF, Beck CT. The content validity índex: are you sure you know what’s being reported? Critique and recommendations. Res Nurs Health. 2006[citado em 2020 abr. 18];29(5):489-97. Disponível em: http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.684.1303&rep=rep1&type=pdf

Guimarães MLL, Ferreira EAP, Narjja ECA, Moraes AJP. Elaboração de manual de orientações para pacientes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil. Mudanças. 2015[citado em 2020 abr. 12];23(2):59-67. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistasims/index.php/MUD/article/view/5704/5270

Silva C, Lisboa S, Santos L, Carvalho S, Passos S, Santos S. Elaboração e validação de conteúdo e aparência da cartilha “Punção venosa periférica para a família”. Rev Cuid. 2019[citado em 2021 jan. 20];10(3):e830. Disponível em: https://revistacuidarte.udes.edu.co/index.php/cuidarte/article/view/830/1354

Tsao Y, Kuo HC, Lee HC, Yiin SJ. Developing a medical picture book for reducing venipuncture distress in preschool-aged children. Int J Nurs Pract. 2017[citado em 2020 abr. 20];23(5). Disponível em: https://doi.org/10.1111/ijn.12569

Kuo HC, Pan HH, Creedy DK, Tsao Y. Distraction-Based Interventions for Children Undergoing Venipuncture Procedures: a randomized controlled study. Clin Nurs Res. 2018[citado em 2020 maio 15];27(4):467-82. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1054773816686262

Baranowski T, Buday R, Thompson DI, Baranowski J. Playing for real: video games and stories for health-related behavior change. Am J Prev Med. 2008[citado em 2020 abr. 20];34(1):74-82. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2189579/pdf/nihms36392.pdf

Costa CIA, Pacheco STA, Soeiro G, Adame DG, Peres PLP, Araújo BBM. Construção e validação de materiais educativos para criança com doença crônica: uma revisão integrativa. Rev Enferm UERJ. 2018[citado em 2020 abr. 08];26:e34208. Disponível em: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2018.34208

Bergomi P, Scudeller L, Pintaldi S, Dal Molin A. Efficacy of Non-pharmacological Methods of Pain Management in Children Undergoing Venipuncture in a Pediatric Outpatient Clinic: a randomized controlled trial of audiovisual distraction and external cold and vibration. J Pediatr Nurs. 2018[citado em 2020 abr. 20];42:e66-e72. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.pedn.2018.04.011

Aydin D, Sahiner NC, Çiftçi EK. Comparison of the effectiveness of three different methods in decreasing pain during venipuncture in children: ball squeezing, balloon inflating and distraction cards. J Clin Nurs. 2016[citado em 2020 abr. 20];25(15-16):2328-35. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/jocn.13321

Cerne D, Sannino L, Petean M. A randomised controlled trial examining the effectiveness of cartoons as a distraction technique. Nurs Child Young People. 2015[citado em 2020 abr. 18];27(3):28-33. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25858408/

Silva LSR, Correia NS, Cordeiro EL, Silva TT, Costa LTO, Maia PVCS. Anjos da Enfermagem: o lúdico como instrumento de cidadania e humanização na saúde. Rev Enferm UFPE on line. 2017[citado em 2020 abr. 19];11(6):2294-301. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/23390/19042

Pizzignacco TMP, Furtado MCC, Torres LAMM, Frizo AC, Lima RAGe. Lola tinha uma coisa: construção de um livro educativo para crianças com fibrose cística. Acta Paul Enferm. 2012[citado em 2020 abr. 14];25(2):319-22. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ape/v25n2/a26v25n2.pdf

Moura JRA, Silva KCB, Rocha AESH, Santos SD, Amorim TRS, Silva ARV. Construção e validação de cartilha para prevenção do excesso ponderal em adolescentes. Acta Paul Enferm. 2019[citado em 2020 abr. 10];32(4):365-73. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ape/v32n4/1982-0194-ape-32-04-0365.pdf

Mendes T, Velosa M. “Literatura, infância e espaços escolares” Literatura para a infância no jardim de infância: contributos para o desenvolvimento da criança em idade pré-escolar. Pro-Posições. 2016[citado em 2020 abr. 13];27(2):115-32. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/pp/v27n2/1980-6248-pp-27-02-00115.pdf

Santo LW, Giacomini I, Tacla LA, Kalbusch TR, Koerner RM. Eles não gostam de ler”: análise das estratégias de incentivo à leitura nas aulas de Língua Portuguesa. Rev Crátilo. 2018[citado em 2020 abr. 15];11(2):75-90. Disponível em: https://revistas.unipam.edu.br/index.php/cratilo/article/view/1236

Bray L, Sharpe A, Gichuru P, Fortune PM, Blake L, Appleton V. The Acceptability and Impact of the Xploro Digital Therapeutic Platform to Inform and Prepare Children for Planned Procedures in a Hospital: before and after evaluation study. J Med Internet Res. 2020[citado em 2020 abr. 13];22(8):e17367. Disponível em: https://research.edgehill.ac.uk/en/publications/the-acceptability-and-impact-of-the-xploro-digital-therapeutic-pl

Bray L, Appleton V, Sharpe A. The information needs of children having clinical procedures in hospital: Will it hurt? Will I feel scared? What can I do to stay calm? Child Care Health Dev. 2019[citado em 2020 maio 20];45(5):737-43. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/pmid/31163093/

Tark R, Metelitsa M, Akkermann K, Saks K, Mikkel S, Haljas K. Usability, Acceptability, Feasibility, and Effectiveness of a Gamified Mobile Health Intervention (Triumf) for Pediatric Patients: qualitative study. JMIR Serious Games. 2019[citado em 2020 abr. 19];7(3):e13776. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6792029/

Barreto ACO, Rebouças CBA, Aguiar MIF, Barbosa RB, Rocha SR, Cordeiro LM, et al. Perception of the Primary Care multiprofessional team on health education. Rev Bras Enferm. 2019[citado em 2020 abr. 14];72(Suppl 1):266-73. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0702

Brondani JP, Pedro ENR. A história infantil como recurso na compreensão do processo saúde-doença pela criança com HIV. Rev Gaúcha Enferm. 2013[citado em 2020 abr. 18];34(1):14-21. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1983-14472013000100002

Publicado

03-09-2021

Como Citar

1.
Santos LM dos, Lima VL de O, Silva CSG e, Silva JD da, Passos S da SS, Carvalho ES de S. CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DO CONTEÚDO DA CARTILHA PARA CRIANÇAS "É HORA DE PEGAR MINHA VEIA: O QUE EU FAÇO?". REME Rev Min Enferm. [Internet]. 3º de setembro de 2021 [citado 24º de maio de 2024];25(1). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/44516

Edição

Seção

Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)