Algumas reflexões sobre as Ciências do Estado

Autores

  • João Protásio Farias Domingues de Vargas

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2016.4983

Resumo

RESUMO: O presente texto tem como fi nalidade de fazer algumas colocações sobre a necessidade de se pensar o curso bacharelado em Ciências do Estado, da Faculdade de Direito, da UFMG, não apenas em seus aspectos fenomenológicos ou práticos, mas, principalmente, em termos dos fundamentos teóricos das próprias condições de possibilidades científi cas do tratamento do Estado como objeto, proposto pela ideia de Ciências do Estado. O debate proposto tem duas linhas de argumentações. A primeira abrange a existência institucional do curso e seu projeto político-pedagógico, as origens históricas e teóricas do Curso, e suas perspectivas de futuro. A segunda parte trata da necessidade de determinar quais são as ciências do Estado, da determinação do seu elenco e do processo prático de criação de uma nova ciência social aplicada.

PALAVRAS-CHAVE: “Ciências do Estado”; “Projeto Político-Pedagógico”; “Origens Histórico-Teóricas”; “Futuro do Bacharelado”; “Nova Ciência Social Aplicada”.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-07-27

Como Citar

DOMINGUES DE VARGAS, J. P. F. Algumas reflexões sobre as Ciências do Estado. Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, 2016. DOI: 10.35699/2525-8036.2016.4983. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/4983. Acesso em: 8 ago. 2022.