Pensar uma outra Universidade

Autores

  • Pâmela Rezende Côrtes
  • Rodrigo Badaró de Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2016.4985

Resumo

RESUMO: Esse artigo pretende analisar a trajetória do curso de Ciências do Estado. Para tanto, analisará as difi culdades que a própria ideia de interdisciplinaridade ou de transdisciplinaridade enfrenta, analisará também o ideal expresso no plano do curso, depois a proposta metodológica dos seminários e, por fim, a diferença entre a teoria e a prática. A partir dessa análise, tentaremos avaliar se os problemas do curso não são problemas maiores, relacionados com a própria estrutura universitária e se, no fundo, não é preciso repensar essa estrutura para que o curso de Ciências do Estado apresente-se não só como uma boa proposta de ensino, mas como um modelo a ser levado em consideração pelos cursos da Universidade.

PALAVRAS-CHAVE: Interdisciplinaridade; Metodologia inovadora de ensino; Universidade

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-07-27

Como Citar

CÔRTES, P. R.; DE CARVALHO, R. B. Pensar uma outra Universidade. Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, 2016. DOI: 10.35699/2525-8036.2016.4985. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/4985. Acesso em: 7 jul. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)