O conteúdo não conceitual da percepção e a emoção de wonder

  • José Carlos Sant'Anna FAJE - Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia

Resumo

Nosso objetivo neste artigo é apresentar o conteúdo não conceitual da experiência perceptiva como a condição mais fundamental pela qual uma emoção de admiração (wonder) seja manifesta. Segundo os psicólogos que estudam esse tipo de emoção, todos os casos manifestam-se sob duas características básicas: vastidão perceptiva e necessidade de acomodação. Argumentaremos que nesses dois casos, antes de tudo, está em jogo informações não conceituais. Ou melhor: essas duas características ocorrem fundamentalmente em função do conteúdo da experiência perceptiva ser não conceitual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Carlos Sant'Anna, FAJE - Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia
Mestrando em Filosofia da Religião pela FAJE e licenciado pela mesma instituição.
Publicado
2020-01-27