DISCURSOS E CONTRADIÇÕES NO CAMPO DA FORMAÇÃO DOCENTE

EM DEFESA DA PRÁXIS ACADÊMICA

Resumo

O texto apresenta uma análise conceitual e epistêmica da profissionalização e formação de professores. A partir de uma concepção crítica procura compreender e analisar os discursos em voga sobre formação inicial e profissionalização docente. Ainda busca compreender como se dá as implicações da formação inicial e acadêmica na profissionalização do professorado. Aponta algumas tendências conceituais sobre formação e profissionalização e denuncia contradições de base discursiva, política e pedagógica. Com base nesses procedimentos e no referencial Materialista-Histórico-Dialético pode-se afirmar que há uma forte relação entre formação acadêmica e profissionalização, de modo que as categorias de análise escolhidas sustentam a afirmação de que a formação inicial cidadã, científica e universitária, contribui significativamente para o processo de profissionalização dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliton Perpetuo Rosa Pereira, Instituto Federal de Goiás

Doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Santiago de Compostela (USC-Espanha). Licenciado e Mestre em Música pela Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás (EMAC-UFG). Especialista em Tecnologias em Educação (PUC-RJ). No Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG-Brasil) atua na Licenciatura em Música - Campus Goiânia. Tem experiência em Educação Musical, Canto Coral, Metodologia Científica e Formação de Professores.

Publicado
2020-01-27