A importância da Filosofia na formação do Psicólogo

  • Marcelo Vinicius Miranda Barros Universidade Federal da Bahia - UFBA

Resumo

Historicamente a psicologia se constitui como um saber próprio no século XIX, mas os seus questionamentos que diz respeito à psique humana estavam presentes desde os filósofos da antiguidade. Mesmo que a psicologia tenha se consolidado como campo próprio de saber, a sua raiz ainda firma sua origem na filosofia. Contudo, apesar da história da psicologia junto à filosofia ser relevante para o entendimento dessa ciência, o intento desta pesquisa se volta ao psicólogo que assume de modo único uma posição filosófica. Dessa forma, frente à relevância da filosofia, que se tornou uma disciplina rejeitada no atual governo brasileiro, colocamos a questão: qual a importância da filosofia na formação do psicólogo?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Vinicius Miranda Barros, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Graduação em Psicologia pela Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS e mestrando em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia - UFBA, com pesquisas na filosofia de Jean-Paul Sartre. É membro do GT de Filosofia Francesa Contemporânea, da ANPOF, e integrante do grupo de pesquisa 'Fenomenologia e Existencialismo', da Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF/CNPq. Foi bolsista do projeto de pesquisa 'Sartre e as fronteiras da escolha', financiado pelo CNPq/UEFS. Fez parte da equipe editorial da Revista Ideação do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas Em Filosofia - NEF/UEFS. Foi editor da Revista de Filosofia Sísifo. Atua principalmente nas seguintes áreas e temas: existencialismo, fenomenologia, filosofia da psicologia, filosofia social, corpo e subjetividade.

Publicado
2020-01-27