Estado e liberdade na Filosofia da História de Hegel

Palavras-chave: Hegel, Filosofia da História, Estado, Liberdade

Resumo

O propósito deste artigo é apresentar e analisar a relação entre o conceito de Estado (Staat) e o conceito de liberdade (Freiheit) conforme exposto pelo filósofo alemão Georg Wilhelm Friedrich Hegel (1770-1831) em sua obra Lições sobre a Filosofia da História (Vorlesungen über die Philosophie der Geschichte), publicada postumamente em 1837. A exposição do artigo seguirá, de modo geral, o capítulo segundo da obra em questão – denominado de Determinação detalhada desse princípio (Bestimmung der Geistes in der Weltgeschichte) – e, mais precisamente, o subcapítulo A configuração existencial dessa realização (Die Gestalt dieser Realisierung).

Biografia do Autor

Gabriel Rodrigues da Silva, São Paulo State University (UNESP). School of Philosophy and Sciences (FFC), Marília-SP
Graduando no curso de Filosofia - bacharelado e licenciatura - na Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), campus Marília-SP. Membro do Grupo Hegel e o Idealismo Especulativo / Laboratório Hegel (GHIE/LH), certificado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Membro da Sociedade Hegel Brasileira (SHB).
Publicado
2019-04-03