O Brincar na Rua e a Transmissão Cultural da Brincadeira de Pipa

  • Leys Eduardo dos Santos Soares Universidade de Pernambuco(UPE) e Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Elizara Carolina Marin Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Pierre Normando Gomes-da-Silva Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Palavras-chave: Jogos e Brinquedos, Cultura, Aprendizagem, Atividades de Lazer

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar como ocorrem a transmissão cultural da brincadeira de pipa e as aprendizagens que estão envolvidas nesse processo nas ruas de um bairro da zona leste de João Pessoa-PB. Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa. A brincadeira foi observada em 16 visitas realizadas nos finais de semana, do mês de dezembro de 2015, período de férias escolares. Foram entrevistadas oito crianças, que foram observadas quando brincavam de pipa. Suas falas foram transcritas e, por meio da Análise de Conteúdo, o estudo revelou que, ao praticar essa brincadeira, as crianças tornam-se agentes culturais que mantêm viva a cultura da pipa e transmitem de modo instruído ou imitativo, as aprendizagens da brincadeira nas ruas investigadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BENJAMIN, W. Reflexões: a criança, o brinquedo e a educação. São Paulo: Summus, 1984.

BROUGÈRE, G. Brinquedo e cultura. São Paulo: Cortez, 2004.

______. A criança e a cultura lúdica. Rev. Fac. Educ., São Paulo, v.24, n.2, Jul./Dez., 1998.

CAILLOIS, R. Os jogos e os homens: a máscara e a vertigem. Lisboa: Cotovia; 1990.

CARVALHO, A. M. A.; PONTES, F. A. R. Brincadeira é cultura. In: CARVALHO, A. M. A. et al. Brincadeira e cultura: viajando pelo Brasil que brinca. v. 1. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

CAVALLI-SFORZA, L. L.; FELDMAN, M. W. Cultural transmission and evolution: a quantitative approach. New York: Princeton University Press, 1981.

GOMES-DA-SILVA, P. N. (Org.). Oficina de brinquedos e brincadeiras. Petrópolis: Vozes, 2013.

LAVEGA, P. Os jogos tradicionais como patrimônio cultural mundial. In: MARIN, E. C.; RIBAS, J. F. M. Jogo tradicional e cultura. Santa Maria: UFSM, 2013.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MARIN, E. C.; STEIN, F. Jogos tradicionais e manifestações coletivas: relações de conflito entre tradição e modernidade. Pensar a prática, Goiânia, v. 18, n. 4, out./dez. 2015.

MELO, M. F. A. Q. Voando com a pipa: esboço para uma psicologia social do brinquedo à luz das ideias de Bruno Latour (Tese de Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, Centro de Educação e Humanidades - UERJ. Rio de Janeiro/São João Del Rei, 2006, 410 fls.

______. Algumas aprendizagens construídas durante a brincadeira de pipa: o que está em jogo. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.26, n.02, p.89-116, ago. 2010.

PARLEBAS, P. Juegos, deporte y sociedad: léxico de praxiología motriz. Barcelona: Paidotribo, 2001.

PONTES, F. A. R.; MAGALHÃES, C. M. C. A Transmissão da cultura da brincadeira: algumas possibilidades de investigação. Psicologia: reflexão e crítica, v. 16. n 1, p.117-124, 2003.

PONTES, F. A. R. et al. Guerra no ar: tradição e cultura do papagaio de Belém. In: CARVALHO, A. M. A. et al. Brincadeira e cultura: viajando pelo Brasil que brinca. v. 2. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

SOUZA JÚNIOR, M. B. M.; MELO, M. S. T.; SANTIAGO, M. E. A análise de conteúdo como forma de tratamento dos dados numa pesquisa qualitativa em Educação Física escolar. Movimento, Porto Alegre, v. 16, n. 03, p. 31-49, jul./set. 2010.

TOMASELLO, M.; KRUGER, A. C.; RATNER, H. H. Cultural learning. Behavioral and Brain Sciences, v.16, p. 495-552, 1993.

______. Culture and cognitive development. American Phychological Society, v.9, n.2, April 2000.

Publicado
2019-03-29
Como Citar
Soares, L. E. dos S., Marin, E. C., & Gomes-da-Silva, P. N. (2019). O Brincar na Rua e a Transmissão Cultural da Brincadeira de Pipa. LICERE - Revista Do Programa De Pós-graduação Interdisciplinar Em Estudos Do Lazer, 22(1), 148-166. https://doi.org/10.35699/1981-3171.2019.12315
Seção
Artigos Originais