Práticas de Lazer do Povo Indígena Tremembé

  • Arliene Stephanie Menezes Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
  • Daniel Pinto Gomes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
  • Simone Oliveira de Castro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
Palavras-chave: Atividades de Lazer, Tremembé, Indígenas

Resumo

Verifica, descreve e traça um perfil, através do método etnográfico, das práticas de lazer do povo indígena Tremembé de Almofala, no município de Itarema, estado do Ceará. Para a coleta dos dados utilizaram-se entrevistas estruturadas, relatos, fotos e vídeos, abrangendo 78 pessoas de 04 a 87 anos, indígenas residentes na praia de Almofala. Através da análise dos dados foi apontado como principais resultados o perfil, a singularidade e a descrição do lazer, bem como traços da cultura inseridos nesse processo; verificando que ainda há uma grande diversidade dessas práticas, com o sentimento de grupo envolvido em várias das atividades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BEZERRA, Antônio. Notas de viagem. Fortaleza: Imprensa Universitária do Ceará. 1965.

BROUGÈRE, Gilles. Brinquedos e companhia. São Paulo: Cortez, 2004.

CEARÁ. Povo Tremembé da Varjota e do Córrego João Pereira. In: Raízes que brotam da terra. – Fortaleza: Importec, 2007a.

CEARÁ. Secretaria da educação. Coordenadoria de desenvolvimento da escola. Célula de aperfeiçoamento pedagógico. O livro da vida, v4: Tremembé. – Fortaleza: Importec, 2007b.

DUMAZEDIER, Joffre. Lazer e cultura popular. São Paulo: Perspectiva, 1976.

FASSHEBER, Jose Ronaldo Mendonça. Etno-Desporto indígena: contribuições da antropologia social a partir da experiência entre os Kaingang. Campinas, SP: [s.n], 2006.

FREYRE, Gilberto. Casa-grande e senzala. Rio de Janeiro: Record, 2000.

GEERTZ, Clifford: A interpretação das culturas, Rio de Janeiro: Ed. Guanabara, 1989.

GOMES, Alexandre; VIEIRA, João Paulo; MUNIZ, Juliana. Povos indígenas do Ceará: Organização, memória e luta. Fortaleza, Ceará: Editora e gráfica Ribeiro’s, 2007.

HUIZINGA, J. Homo Ludens: O Jogo como elemento da cultura. São Paulo. Edusp, 1971.

LARAIA, R. B. Cultura: um conceito antropológico. 7. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1986.

MULLER, Regina Pollo. Corpo e imagem em movimento: há uma alma neste corpo. Rev. Antropol, 2000, vol.43, no. 2, p.165-193.

NUNES, Angela. A sociedade das crianças A’uwe- Xavante: Por uma antropologia da criança. Lisboa: Ministério da Educação/ Instituto de Inovação Educacional, 1999.

OLIVEIRA JR., Gerson Augusto de. Torém: Brincadeira dos índios velhos. Fortaleza: Anna Blume, 1998.

PEIRANO, M. Rituais como estratégia analítica e abordagem etnográfica. In: PEIRANO, M. O dito e o feito: ensaios de antropologia dos rituais. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002.

PEREIRA, Arliene Stephanie Menezes. Práticas de lazer e trabalho do povo indígena Tremembé de Almofala-CE. 2010. 109 f. Monografia (Graduação em Tecnologia em Gestão Desportiva e de Lazer) – Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará. Fortaleza, 2010.

POVOS INDÍGENAS NO BRASIL. Tremembé. Disponível em: <https://pib.socioambiental.org/pt/Povo:Trememb%C3%A9> Acesso em: 10 de Novembro 2009.

SOBRINHO, T. P. Índios Tremembés. Rev. do Instituto do Ceará, Fortaleza: Instituto do Ceará, n.65, 1951.

VALLE, Carlos Guilherme Octaviano do. Compreendendo a dança do torém: Visões de folclore, ritual e tradição entre os Tremembé do Ceará. Revista Anthropológicas, ano 9, vol. 16(2), 2005. Disponível em: Acesso em: 18 de jun. de 2017.

VIDAL, Lux. Morte e vida de uma sociedade indígena brasileira. São Paulo: Hucitec/Edusp, 1992.

Publicado
2019-06-23
Como Citar
Pereira, A. S. M., Gomes, D. P., & Castro, S. O. de. (2019). Práticas de Lazer do Povo Indígena Tremembé. LICERE - Revista Do Programa De Pós-graduação Interdisciplinar Em Estudos Do Lazer, 22(2), 132-159. https://doi.org/10.35699/1981-3171.2019.13553
Seção
Artigos Originais