Gestão e Desenvolvimento de Programas de Colônias de Férias Temáticas em Diferentes Contextos: O Caso da Universidade Federal de Minas Gerais

  • Silvio Ricardo da Silva Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Natascha Stephanie Nunes Abade Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Joyce Nancy da Silva Corrêa Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Ranucy Marçal da Cruz Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Poliana Ribeiro Bretas Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Luciano Pereira da Silva Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Palavras-chave: Colônia de Férias, Gestão, Formação

Resumo

O trabalho em Colônias de Férias, talvez seja um dos espaços de maior atuação profissional, para nós, envolvidos com a Educação Física e com a área do lazer. Partindo disso, fizemos um relato com reflexões teóricas da experiência do projeto denominado Colônia de Férias no Campus (CFC) organizado pelo grupo PET – Educação Física e Lazer da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Nosso intuito foi buscar refletir acerca do processo de gestão e desenvolvimento do projeto, desejando que outros locais, se sintam estimulados a realizarem seus próprios percursos e materializem novas experiências de trabalhos envolvendo o tema. Percebe-se que o trabalho coletivo de elaboração da programação e execução do projeto tem sido um rico espaço de aprendizado para formação e atuação dos alunos da graduação que participam como animadores e um momento de intervenção com diversas experiências culturais para as crianças da CFC.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BONDÍA, J.L. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Revista Brasileira de Educação, São Carlos, n.19, 2002. Disponível em: https://www.anped.org.br/rbe/rbedigital/rbde19/rbde19_04_jorge_larrosa_bondia.pdf. Acesso em: 22 set. 2017.

CASTELLANI FILHO, Lino. Sobre lazer e política: maneiras de ver, maneiras de fazer. In: ISAYAMA, Hélder Ferreira, LINHALES, Meily Assbú (Org.). Gestão municipal e política de lazer. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006.

CAVALCANTI, Mônica Maria de Arruda. Avaliação de Políticas Públicas e Programas Governamentais – Uma Abordagem Conceitual. Caruaru - PE. 2008. Disponível em: https://www.socialiris.org/antigo/imagem/boletim/arq48975df171def.pdf. Acesso em: 05 fev. 2017.

DEBORTOLI, José Alfredo Oliveira. As crianças e a brincadeira. In: CARVALHO, Alysson; SALLES Fátima; GUIMARÃES Marília. (Orgs.). Desenvolvimento e A- prendizagem. Belo Horizonte: Editora UFMG; Proex UFMG, 2002. p. 72-88.

ISAYAMA, Hélder Ferreira. Recreação e lazer como integrantes dos currículos dos cursos de graduação em educação física. 2002. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação Física da UNICAMP, Campinas, 2002.

MALTA.W. Colônia de Férias: organização e execução. Rio de Janeiro: Editora Artenova s.a, 1973.

MARCELLINO, Nelson Carvalho. Lazer e educação. Campinas: Papirus, 2010.

______. Estudos do lazer. Autores Associados, 1996.

MARCELLINO, Nelson Carvalho. Estudos do lazer: uma introdução. Campinas: Autores Associados, 2. ed., ampl., 2000.

MELO, Victor Andrade de; ALVES JR. Edmundo de Drummond Alves. Introdução ao Lazer. 2. ed. Barueri: Editora Manole Ltda, 2012.

______. Lazer e Minorias Sociais. São Paulo: Editora IBRASA, 2003.

SILVA, Débora Alice Machado. Colônia de Férias Temática: fundamentando a ação a partir das contribuições de Paulo Freire. 2008. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, 2008.

Publicado
2019-06-25
Como Citar
Silva, S. R. da, Abade, N. S. N., Corrêa, J. N. da S., Cruz, R. M. da, Bretas, P. R., & Silva, L. P. da. (2019). Gestão e Desenvolvimento de Programas de Colônias de Férias Temáticas em Diferentes Contextos: O Caso da Universidade Federal de Minas Gerais. LICERE - Revista Do Programa De Pós-graduação Interdisciplinar Em Estudos Do Lazer, 22(2), 614-646. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/licere/article/view/13583
Seção
Relatos de Experiências