Produção e Organização do Conhecimento sobre Esporte e Lazer na Amazônia

Desafios da Rede Cedes

  • Ivete de Aquino Freire Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
  • Ramón Nuñez Cárdenas Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
  • Leila Mirtes Magalhães Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Célio José Borges Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
  • Tatiane Gomes Teixeira Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
Palavras-chave: Atividades de Lazer, Esportes, Ecossistema Amazônico

Resumo

O artigo aborda a experiência de implantação dos Centros de pesquisa da Rede CEDES na Amazônia. Os referidos centros são polos aglutinadores de Grupos de Estudo vinculados a Rede CEDES, que desenvolvem pesquisas sobre políticas públicas de esporte e lazer. A partir de uma perspectiva descritiva, o artigo destaca os principais desafios a serem superados pelos centros de pesquisas e apresenta algumas ponderações para a superação das dificuldades identificadas no contexto regional. Para tanto, recorreu-se a publicações diversas, principalmente aquelas que fazem referência a Rede  CEDES. Também se criou quatro categorias de análise que foram descritas detalhadamente. Entre os principais desafios para a implantação dos CDPPELs na Amazônia destaca-se a implementação de programas de CT&I voltadas as Políticas Públicas de Esporte e Lazer, de modo acelerado e contínuo; até que se alcance a estabilização da capacidade estrutural das unidades de pesquisa. A título de ponderações para superação das dificuldades apresentam-se um conjunto de iniciativas, a modo de contribuição, como estratégias para a consolidação dos CDPPELs da Região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARROS, F. A. Os desequilíbrios regionais da produção técnico-científica. São Paulo, Perspectiva, v.14, n.3, São Paulo, jul/set., 2000. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88392000000300004. Acesso em: 07 maio 2017.

BRAGA, R. O bem cultural na Amazônia. Ciência e Cultura. v. 61, n. 3, São Paulo, 2009. Disponível em < https://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?pid=S0009-67252009000300013&script=sci_arttext>>. Acesso em: 20 jan.2017.

BRASIL.(a) Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Brasília: Senado Federal, Centro Gráfico, 1988. 292p.

____________. (b) Medida Provisória n. 103 (do Poder Executivo). Diário da Câmara dos Deputados, Brasília, 11 de março de 2003. p. 05340. Dispõe sobre a organização da Presidência da República e dos Ministérios, e dá outras providências, 2003.

BRASIL.(c) Resolução n. 05 do Conselho Nacional do Esporte. Política Nacional do Esporte, Ministério do Esporte, 14 de junho de 2005. 44p.

____________. (d) Agência Brasil. Empresa Brasil de comunicação. Falta de infraestrutura é problema em mais da metade das escolas indígenas. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2014-09/brasil-tem-508-escolas-rurais-sem-infraestrutura-diz-estudo. Acesso em: 07 mar. 2017.

____________. (e) Agência Nacional de Água/ANA. Disponível em: http://www.2.ana.gov.br/Paginas/portais/bacias/amazonica.aspx. Acesso em: 19 maio 2017.

____________. (f) Ministério do Esporte. Rede CEDES. Estruturação do sistema de acompanhamento e avaliação do Programa Rede CEDES. Brasília: SNELIS/ME, 2015.

____________. (g) Ministério do Esporte. SNELIS. Rede CEDES. Pesquisas da Rede CEDES. Site do ME. Acesso em: mai. 2017.

____________. (h) Ministério do Esporte. SNELIS. Rede CEDES. Implantação dos CDPPEL da Rede CEDES. Brasília: Ministério do Esporte/SNELIS/Rede CEDES, 2007. Mimeo. Texto será socializado pelo Repositório Vitor Marinho: https://rede.cedes.ufsc.br/Comunidade Centros/Coleção 01 Grupo Gestor Nacional.

CÁRDENAS, R.N. Centro de Desenvolvimento de Pesquisa em Políticas de Esporte e de Lazer da Rede CEDES do Estado de Rondônia. Projeto. Universidade Federal de Rondônia. Núcleo de Saúde. Departamento de Educação Física. Porto Velho, RO, 2015. Disponível em: < https://cdppel-rondonia.wixsite.com/cdppel-ro>. Acesso em: 02 abr. 2017.

CGEE. Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. Ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento das Regiões Norte e Nordeste do Brasil: novos desafios para a política nacional de CT&I. – Brasília/DF: 2011. Disponível em file://C:/Users/IVETE/Downloads/Ciencia_Tecn_Inov_Desv_N_NE.pdf . Acesso em: 29 abr. 2017.

CÔRTES, J. Transição urbana e processos migratórios na Amazônia brasileira: um estudo comparativo sobre migrantes, fluxos e espaços. Disponível em www.alapop.org/Congresso2014/DOCSCompleto/ALAP_2014_FINAL536.docx . Acesso em: 06 abr. 2017.

FREIRE, I. A; CÁRDENAS, R.N. Reflexões sobre esporte e educação física escolar no contexto amazônico. Curitiba: CRV, 2017.

IMAZON. Amazônia brasileira tem Índice de Progresso Social inferior à média nacional. Brasil. Disponível em: https://www.imazon.org.br/imprensa/sugestoes-de-pauta/amazonia-brasileira-tem-indice-de-progresso-social-inferior-a-media-nacional. Acesso em: 25 mar. 2017.

LEMLE, M. Ministério da Saúde. FIOCRUZ. Centro colaborador do OPAS/OMS em saúde pública e ambiente. Disponível em: <https://www.fiocruz.br/omsambiental/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=374&sid=13> Acesso em: mar. 2017.

OLIVEIRA, A.F.S. et al. Diagnóstico do esporte no Brasil: elementos a investigar. Fiep Bulletin on line. Fiep Bulletin, v. 83, 2013. Disponível em: http://www.fiepbulletin.net/index.php/fiepbulletin/article/view/2879/5610 . Acesso em: mar. 2017.

OLIVEIRA, J.S.B.; LUCENA, I.C.R. Alfabetização matemática em classes multisseriadas de escolas ribeirinhas da Amazônia: atuação docente em foco. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. vol.95, n.239, Brasília, Jan./Apr. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2176-6812014000100006&script=sci_arttext Acesso em: mar. 2017.

PEDROSO, M. Gestores de assistência social abordam o fator amazônico. Governo do estado do Pará. Disponível em: <https://www.loterpa.pa.gov.br/?q=node/1523>. Acesso em: 01 mar. 2017.

PINTO, L. M. S. de M. Legados da Rede CEDES para o esporte de lazer no Brasil: conquista política pelo conhecimento, tecnologia e governança. In: MARINHO, A; NASCIMENTO, J. V. e OLIVEIRA, A. A. B. (Org.) Legados do esporte brasileiro. Florianópolis: Editora da UDESC, 2014. p. 331-376. Disponível em: Repositório Vitor Marinho: https://rede.cedes.ufsc.br/Comunidade 3/Publicações.

SAMPAIO, Marcos. Ferramentas para gerir um grupo de pesquisa: produtividade acadêmica. Dicas de organização e produtividade para estudantes e professores. Disponível em http://marcos.sampaio.me/blog/2013/06/ferramentas-para-gerir-um-grupo-de-pesquisa/ . Acesso em: 25 mar. 2017.

SILVA, R.R.; BACHA, C.J.C. Acessibilidade e aglomerações na Região Norte do Brasil sob o enfoque da Nova Geografia Econômica. Nova Economia, Belo Horizonte, v. 24, n. 1, p. 169-190, janeiro-abril, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/neco/v24n1/0103-6351-neco-24-01-0169.pdf . Acesso em: 20 nov. 2017.

SOARES, Artemis de Araújo Soares et al. (Org.). Diagnóstico do Esporte e Lazer na Região Norte Brasileira: o existente e o necessário. Manaus: Editora da Universidade Federal do Amazonas, 2011. 209p

Publicado
2018-12-23
Como Citar
Freire, I. de A., Cárdenas, R. N., Magalhães, L. M., Borges, C. J., & Teixeira, T. G. (2018). Produção e Organização do Conhecimento sobre Esporte e Lazer na Amazônia. LICERE - Revista Do Programa De Pós-graduação Interdisciplinar Em Estudos Do Lazer, 21(4), 549-572. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/licere/article/view/1953
Seção
Relatos de Experiências