A Potência do Lazer como Prática Transformadora

O Caso do Kazoku Dojô

Autores

  • Alessandro Rodrigo Pedroso Tomasi Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Leandro Martins Chaves de Almeida Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

DOI:

https://doi.org/10.35699/2447-6218.2021.34864

Palavras-chave:

Atividades de Lazer, Artes Marciais, Acolhimento

Resumo

A extensão universitária, junto com o ensino e a pesquisa, são pilares da universidade. O Projeto de Extensão em Lutas - Judô é uma das ações de extensão desenvolvidas na Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO) da Universidade Federal de Minas Gerais. Este estudo de campo teve como objetivo identificar e descrever a percepção dos praticantes de judô em relação ao Kazoku Dojô, nome atribuído ao espaço de treinamento. A análise foi descritiva a partir do referencial teórico da ocupação e do lazer. Os resultados mostraram que os participantes iniciaram as atividades no projeto com a expectativa de aprender uma nova luta, mas, ao longo de sua permanência, ressignificaram aquele espaço como local de acolhimento e pertença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Saúde. Acolhimento nas práticas de produção de saúde. Brasília, 2010. 46 p. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/acolhimento_praticas_producao_saude.pdf. Acesso em: 22 jun. 2020.

CAPONI, S. Georges Canguilhem y el estatuto epistemológico del concepto de salud. História, Ciências, Saúde - Manguinhos. Rio de Janeiro, v.4, n.2, p. 287-307, 1997. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/hcsm/v4n2/v4n2a05.pdf. Acesso em: 05 ago. 2020.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2007.

GOMES, C. L. Verbete Lazer – Concepções. In: GOMES, C. L. (org.) Dicionário Crítico do Lazer. Belo Horizonte: Autêntica Editora, p.119-126, 2004.

HAGEDORN, R. Ferramentas para a prática em Terapia Ocupacional. São Paulo: Roca, 2007. 477 p.

KIELHOFNER, G. Fundamentos conceptuales de la Terapia Ocupacional. Buenos Aires: Editorial Medica Panamericana, 2006. 304 p.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2010.

MAXIMINO, V. S. Referência teórica para o estudo dos grupos. In: ______. Grupos de atividades com pacientes psicóticos. São José dos Campos: UNIVAP, 2001. 175 p.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 2010. 407 p.

UFMG. Extensão. Universidade Federal de Minas Gerais. 2020. Disponível em: http://ufmg.br/extensao#:~:text=Dimens%C3%A3o%20formativa%20essencial%2C%20a%20extens%C3%A3o,do%20ensino%20e%20da%20pesquisa.&text=Na%20UFMG%2C%20cabe%20%C3%A0%20Pr%C3%B3,Pesquisa%20e%20Extens%C3%A3o%20(Cepe) . Acesso em: 28 jul. 2020.

______. Resolução complementar 03/2018, de 17 de abril de 2018. Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 17 de abril de 2018. s/p. Disponível em: http://www2.ufmg.br/sods/Sods/Sobre-a-UFMG/Regimento-Geral. Acesso em: 19 jun. 2020.

SOUSA, L. M. P. Fumo por lazer sim!: significados e representações do uso recreativo de maconha por mulheres. 2020. 83f. Dissertação (Mestrado) - Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2020.

TOMASI, A. R. P. Da panela ao copo: a produção de cerveja caseira como prática de lazer. 2018. 109f. Tese (Doutorado) - Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.

VAZQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977, 454p.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Tomasi, A. R. P., & Almeida, L. M. C. de. (2021). A Potência do Lazer como Prática Transformadora: O Caso do Kazoku Dojô. LICERE - Revista Do Programa De Pós-graduação Interdisciplinar Em Estudos Do Lazer, 24(2), 1–21. https://doi.org/10.35699/2447-6218.2021.34864

Edição

Seção

Artigos Originais