Impactos da Pandemia de Covid-19 no Lazer e no Trabalho do Professor Universitário em Home Office

Autores

  • Vagner Miranda da Conceição Faculdade Pitágoras

DOI:

https://doi.org/10.35699/2447-6218.2021.36337

Palavras-chave:

Atividades de Lazer, Professor Universitário, COVID-19

Resumo

A pandemia de COVID-19 trouxe novas formas de ser e estar, impactando no lazer e no trabalho do professor universitário em home office. Analisar os impactos da pandemia de COVID-19 nessas dimensões foi o foco dessa pesquisa. A coleta com 44 professores via Google Forms foi analisada via análise de conteúdo e estatística descritiva. Dados sobre perfil socioeconômico, tempo e demanda de trabalho, tempo de e satisfação com o lazer, atividades de lazer antes e durante a pandemia, lazer que sente falta e lazer novo e importância e necessidade do lazer durante a pandemia revelam que, no contexto de pandemia, refletir sobre o lazer do professor, que foi limitado, transformado e suprimido pela rápida adaptação ao trabalho remoto e pelo entrelaçar dos tempos de lazer e trabalho no ambiente doméstico, é urgente e necessário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BATISTA, J.; RIBEIRO, O. C. F.; JUNIOR, P. N. Lazer e promoção de saúde: uma aproximação conveniente. Licere, Belo Horizonte: v.15, n. 2, p1-16, jun. 2012. DOI: https://doi.org/10.35699/1981-3171.2012.729

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011. 279p.

BEZERRA, A. C. V. et al. Fatores associados ao comportamento da população durante o isolamento social na pandemia de COVID-19. Ciência & Saúde coletiva. v. 25, suppl.1, p. 2411-2421, 2020.

BRANCACCIO, M. et al. Effects of the COVID-19 pandemic on job activity, dietary behaviours and physical activity habits of university population of Naples, Italy. International Journal of Environmental Research Public and Health 2021, 18, 1502.

CALLEGARI-JACQUES, S. M. Bioestatística: princípios e aplicação. São Paulo: Artmed, 2004.

CAMARGO, L. O. L. O que é lazer? São Paulo: Brasiliense, 1992.

CASTILHO, C. T.; RIBEIRO, S. P.; UNGHERI, B. O. Distanciamento social e tempo livre: paradoxos vivenciados por estudantes da universidade estadual de minas gerais no âmbito do lazer. Licere, Belo Horizonte, v. 23, n. 3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25216.

CAVALCANTE, F. R. Aplicativos para Smartphones que Possibilitam o Lazer em Tempos de Lockdown. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25449.

CLEMENTE, A. C. F.; STOPPA, E. A. Lazer Doméstico em Tempos de Pandemia da Covid-19. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25524.

CONCEIÇÃO, V. M. Lazer, dança e educação física escolar. 2018. 313 f. Tese (Doutorado) – Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.

CORONAVÍRUS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DE MINAS GERAIS (SESMG). Entenda a importância do distanciamento social. Disponível em: http://bit.ly/30LWizP. Acesso em: 05/03/21.

COSTA, B. R. L. Bola de neve virtual: O uso das redes sociais virtuais no processo de coleta de dados de uma pesquisa científica. Revista Interdisciplinar de Gestão Social, v. 7, n. 1, p. 15-37, 2018.

COUTO, A. C. P.; REZENDE, F. H. F.; MEDINA, A. C. R. Os impactos causados pelos decretos da Prefeitura de Belo Horizonte no lazer da população. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25421.

DUMAZEDIER, J. Sociologia empírica do lazer. São Paulo: Perspectiva, 1979.

______. Valores e conteúdos culturais do lazer. São Paulo: Sesc, 1980.

ESCALANTE, E.; GOLDEN, R., L.; MASON, D. J. Social Isolation and Loneliness: Imperatives for Health Care in a Post-COVID World. JAMA, v. 325n. , p. 520-521, 2021.

FALCÃO, D.; GOMES, C. L. Estratégia e Táticas do Projeto “Cine Luce” no Contexto Pandêmico da Covid-19: o lazer em foco. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25079.

FRAGA, E. A. M.; SILVA, C. L. Comunidades virtuais de internet: atualização do debate sobre lazer. Licere, v. 13, n.4, p.1-20, 2010. DOI: http://doi.org/10.35699/1981-3171.2010.791.

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ (FIOCRUZ). Saúde mental e atenção psicossocial na pandemia de Covid-2019: a quarentena na Covid- 2019, orientações e estratégias de cuidado, 2020. Disponível em: http://bit.ly/3tkWVN6. Acesso em: 07 mar. 2021.

FURCERI, D.; LOUNGANI, P.; OSTRY, J. D. Como as pandemias deixam os pobres mais pobres. Fundo Monetário Internacional (FMI), 2020. Disponível em: https://bit.ly/3s3BrUV. Acesso em: 10 mar. 21.

GOMES, C. L. Lazer: necessidade humana e dimensão da cultura. Revista Brasileira de Estudos do Lazer. Belo Horizonte, v. 1, n.1, p.3-20, jan./abr. 2014.

GOMES, V. L. A.; ARAÚJO, A. C. ORICON-LINE: temas e perspectivas em debate para pensar o lazer em tempos pós-pandemia. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25436.

GONDIM, S. M. G. Grupos Focais como técnica de investigação qualitativa: desafios metodológicos. Paidéia, v. 12, n. 24, p. 149-161, 2003.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010. Disponível em: http://bit.ly/3uq2RV2. Acesso em: 02 mar. 21.

LINS, C. F. M. et al. Ócio, lazer e tempo livre das velhices em quarentena: perspectivas psicossociais de um estudo brasileiro. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25446.

LOSEKANN, R. G. C. B.; MOURÃO, H. C. Desafios do teletrabalho na pandemia COVID-19: quando o home vira office. Caderno de Administração, Maringá, v. 28, Ed. Esp., jun./2020. Disponível em: http://bit.ly/2P19gHy. Acesso em: 08 mar. 2021.

MARCELLINO, N. C. Lazer e cultura: algumas aproximações. In: ______. (org.) Lazer e cultura. Campinas: Alínea, 2007. p.9-30.

______. Lazer e educação. Campinas: Papirus, 2010.

______. Estudos do lazer: uma introdução. 5. ed. rev. Campinas: Autores Associados, 2012.

MARQUES, E. S. et al. A violência contra mulheres, crianças e adolescentes em tempos de pandemia pela COVID-19: panorama, motivações e formas de enfrentamento. Cadernos de Saúde Pública, v. 36. 30 de abr. 2020.

MATOS, L. S.; PINHEIRO, W. C.; BAHIA, M. C. Vivências do Lazer para Discentes do Curso de Educação Física da Universidade Federal do Pará no Contexto de Pandemia da Covid – 19. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25433.

SOUTTOMAYOR, S.; ISAYAMA, H. F. O lazer do brasileiro: sexo, estado civil e escolaridade. In: ISAYAMA, H. F.; STOPPA, E. Lazer no Brasil: representações e concretizações das vivências cotidianas. Campinas: Autores Associados, 2017.

______.; SILVA, M. de S.; LOPES, C. G. Perspectivas sobre o lazer das mulheres com a pandemia do novo coronavírus: reflexões a partir dos dados da pesquisa “o lazer no Brasil - representações e concretizações das vivências cotidianas”. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25363.

MELO, V. A. A animação cultural: conceitos e propostas. Campinas: Papirus, 2006.

MONTENEGRO, G. M.; QUEIROZ, B. S.; DIAS, M. C. Lazer em tempos de distanciamento social: impactos da pandemia de covid-19 nas atividades de lazer de universitários na cidade de Macapá (AP). Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.24785.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DE SAÚDE (OPAS). OMS afirma que COVID-19 é agora caracterizada como pandemia. 11 de mar. 2020. Disponível em: https://bit.ly/2NklLx9. Acesso em: 07 mar. 2021.

PEDRÃO, C. C.; UVINHA, R. R. O lazer do brasileiro: discussão dos dados coletados em escolaridade, renda, classes sociais e cor/raça. In: ISAYAMA, H. F.; STOPPA, E. Lazer no Brasil: representações e concretizações das vivências cotidianas. Campinas: Autores Associados, 2017.

RIBEIRO, O. C. F. et al. Os Impactos da Pandemia da Covid-19 no Lazer de Adultos e Idosos. Licere, Belo Horizonte, v.23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25456.

SCHWARTZ, G. M. O conteúdo virtual do lazer: contemporizando Dumazedier. Licere, Belo Horizonte, v. 6, n.2, p.23-32, 2003.

SHIGEMURA, J. et al. Public responses to the novel 2019 coronavirus (2019-nCov) in Japan: mental health consequences and target populations. Psychiatry Clinical Neurosciences, 2020.

SILVA, C. L. et al. Os dias entre o teto e o chão da casa: lazer e práticas corporais no contexto brasileiro em tempos da COVID-19. Licere, Belo Horizonte, v. 23, n.3, set/2020. DOI: http://doi.org/10.35699/2447-6218.2020.25111.

STOPPA, E. A.; ISAYAMA, H. F. (org.). Lazer no Brasil: representações e concretizações das vivências cotidianas. Campinas: autores associados, 2017.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). COVID-19. Disponível em: https://www.who.int/covid-19. Acesso em: 05 mar. 2021.

Downloads

Publicado

2021-09-27

Como Citar

Conceição, V. M. da. (2021). Impactos da Pandemia de Covid-19 no Lazer e no Trabalho do Professor Universitário em Home Office. LICERE - Revista Do Programa De Pós-graduação Interdisciplinar Em Estudos Do Lazer, 24(3), 490–526. https://doi.org/10.35699/2447-6218.2021.36337

Edição

Seção

Artigos Originais