Uma tragédia esquiliana: Os Persas

  • Rubens dos Santos Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: literatura grega, teatro, tragédia, Ésquilo, Os Persas

Resumo

A liberdade como postulação essencial era o que Atenas propunha diante da ameaça de tornar-se uma satrapia. Contra a Pérsia brandiram-se armas de toda a espécie. Não só hoplitas ou peltastas se empenharam no áspero corpo-a-corpo. Era uma luta de todo o povo. De todos e de cada um. Espécie de busca de oxigênio por animais que se afogam. Por isso, o campo de batalha não foi apenas o sagrado mar, mas principalmente o recôndito de cada consciência. Valiam não só lanças e espadas, mas também impropérios, preces e poemas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1980-12-31