Simone Weil e a Atualidade do Cenário Político Brasileiro

  • Wanderley Costa Oliveira Católica de Vitória-ES/ Discente
Palavras-chave: Política Brasileira, Partidos Políticos, Supressão, Democracia

Resumo

Resumo: Esse trabalho tem por objetivo contextualizar o pensamento político da filósofa francesa Simone Weil (1909-1943) no que diz respeito à sua principal obra “Manifesto pela supressão dos partidos políticos” (Note sur la suppression générale des partis politiques”) escrita no ano de 1940 em comparação com o atual momento do cenário político brasileiro. A análise feita pela filósofa contempla os elementos da filosofia de Jean Jacques Rousseau e está fundamentada nos princípios republicanos e no conceito da Vontade Geral. Desse modo, a defesa pela total supressão dos partidos políticos explicitam a falência múltipla da democracia representativa, ao qual condiciona o cidadão a estar filiado a uma sigla partidária e com isso, contrair todas as vicissitudes presentes na tentativa de se manter no Poder. Assim, para Simone Weil, é necessário uma sociedade plural e livre de toda a ideologia partidarista resgatando a democracia participativa como sendo a única forma de deter a velha política do atendimento aos interesses particulares usando o Bem comum, seu meio justificado para um determinado fim.

Publicado
2019-08-04