"A prosa liberta"

linguagem, messianismo e utopia em Walter Benjamin

  • Fernando Araujo Del Lama Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Water Benjamin, prosa liberta, linguagem, messianismo, utopia

Resumo

Trata-se de examinar a imbricação entre linguagem, messianismo e utopia no pensamento de Walter Benjamin a partir da ideia de “prosa liberta” (befreite Prosa). Tal ideia, enunciada em uma das notas preparatórias que acabaram por não integrar as teses Sobre o conceito de história, compreende elementos das reflexões benjaminianas sobre a linguagem, sobre a dimensão messiânica da história, bem como sobre a concepção de utopia, baseada em uma versão libertária, antiautoritária, do comunismo. De modo a explorar tais elementos, serão analisados escritos de Benjamin que versam sobre as temáticas articuladas por tal ideia, como Sobre a linguagem em geral e sobre a linguagem do homem, as próprias teses Sobre o conceito de história, O contador de estórias. Considerações sobre a obra de Nikolai Leskov, além de referências a outros, de maneira menos central para a construção do argumento.

Publicado
2019-08-04