PETROLOGIA DAS SUÍTES PALEOPROTEROZOICAS PACIÊNCIA E CATOLÉ DA PORÇÃO SETENTRIONAL DO DOMÍNIO PORTEIRINHA (MINAS GERAIS)

  • Vinicius Henrique Sena Departamento de Geologia - Instituto de Geociências – Universidade Federal de Minas Gerais (IGC-UFMG).
  • Anna Luíza Rocha de Oliveira Departamento de Geologia - Instituto de Geociências – Universidade Federal de Minas Gerais (IGC-UFMG).
  • Alexandre de Oliveira Chaves Departamento de Geologia - Instituto de Geociências – Universidade Federal de Minas Gerais (IGC-UFMG).

Abstract

Resumo:

O Domínio Porteirinha, constituído por gnaisses de composição tonalítica-trondhjemítica-granodiorítica (TTG) migmatizados e por vezes milonitizados, está localizado no extremo norte de Minas Gerais e apresenta uma evolução geotectônica que teve início no Arqueano (3,37 Ma), tendo sido retrabalhado ao longo do tempo geológico. Intrusivas neste domínio, as suítes magmáticas Paciência e Catolé, respectivamente de composição monzosienítica e granítica, exibem texturas magmáticas bem preservadas. A Suíte Paciência (2,05 Ga) constitui uma série álcali-cálcica a alcalina, saturada em sílica, metaluminosa, pós-colisional a orogênica tardia em relação à orogênese Riaciana-Orosiriana regional. É formada essencialmente por monzonitos e sienitos de granulação média a grossa, com mineralogia composta basicamente por feldspato potássico, plagioclásio, anfibólio, biotita e quartzo. Estas rochas derivam da cristalização fracionada de um magma lamprofírico. Já a Suíte Catolé (1,79 Ga), classificada como pós-orogênica a anorogênica, é formada por granitos peraluminosos, de granulação média a fina e com mineralogia composta basicamente por quartzo, microclina, plagioclásio, biotita e muscovita. Classificados como do tipo A1, os granitos da suíte Catolé são interpretados como produtos da cristalização fracionada de magmas basálticos intraplaca com afinidade OIB, relacionados a atividade de uma pluma mantélica envolvida nos processos tafrogenéticos regionais no início do período Estateriano.

Palavras Chave: Domínio Porteirinha, Suíte Paciência, Suíte Catolé, Petrologia, Paleoproterozoico


Abstract:

PETROLOGY OF THE PACIÊNCIA AND CATOLÉ PALEOPROTEROZOIC SUITES OF THE NORTHERN PORTEIRINHA DOMAIN (MINAS GERAIS). The Porteirinha Domain, constituted by tonalitic-trondhjemític-granodioritic (TTG) gneisses, which are migmatized and sometimes milonitized, is located in the extreme north of Minas Gerais and presents a geotectonic evolution that began in Arquean (3.37 Ma), having been reworked over geological time. Intrusive in this domain, the Paciência and Catolé magmatic suites, respectively of monzosyenitic and granitic composition, exhibit well preserved magmatic textures. The Paciência Suite (2.05 Ga) consists of a metaluminous silica saturated alkali-calcic to alkaline series. It is post-collisional to late orogenic related to the regional Rhyacian-Orosirian orogenesis. It consists essentially of monzonites and syenites of medium to coarse grain, with mineralogy composed basically of potassic feldspar, plagioclase, amphibole, biotite and some quartz. These rocks are derived from the fractional crystallization of a lamprophyric magma. The Catolé Suite (1.79 Ga), post-orogenic / anorogenic, is formed by peraluminous medium to fine grain granites, and mineralogy composed basically of quartz, microcline, plagioclase, biotite and muscovite. Classified as A1, the granites from the Catolé Suite apparently are related to fractional crystallization processes of intraplate OIB-like (ocean island basalts) basaltic magmas, related to the activity of a mantle plume responsible for triggering regional taphrogenetic processes at the beginning of the Statherian period.

Keywords: Porteirinha Domain, Paciência Suite, Catolé Suite, Paleoproterozoic, Petrology

Published
2018-09-30
Section
Artigos