ESTROMATÓLITOS COLUNARES NA BASE DO GRUPO MACAÚBAS, NORDESTE DA SERRA DO ESPINHAÇO (MG): PALEONTOLOGIA E AMBIENTE DE SEDIMENTAÇÃO

  • Lucio Mauro Soares Fraga Programa de Pós-Graduação em Geologia da UFMG e Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM.
  • Soraya de Carvalho Neves Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM.
  • Gabriela Luiza Pereira Pires Programa de Pós-Graduação em Geologia da UFMG.
  • Adriano Luiz Tibães Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM.
  • Alexandre Uhlein Universidade Federal de Minas Gerais, Instituto de Geociências, Departamento de Geologia e Centro de Pesquisa Professor Manoel Teixeira da Costa.

Abstract

Na região nordeste da Serra do Espinhaço Meridional são encontrados metassedimentos da base do Grupo Macaúbas,constituídos por quartzitos, camadas de metapelitos e rochas metacarbonáticas, depositadas em diferentes ambientes de sedimentação:continental, transicional e marinho. Na Formação Domingas ocorrem camadas de metapelitos contendo lentes isoladas de dolomitos comum rico conteúdo paleontológico formado por estruturas estromatolíticas colunares. Em trabalhos de campo recentes foram encontradas edescritas duas lentes de dolomitos na região de Inhaí (região da Fazenda Boqueirão) e uma lente já conhecida, localizada na calha do RioJequitinhonha. Nestas regiões foram descritas a morfologia e a geometria das estruturas biogênicas, além da petrografia das rochascarbonáticas e das rochas metapelíticas associadas. Este estudo concentra-se na descrição dos morfotipos de estromatólitos, classificadosde acordo com sua macro e mesoestrutura, conforme o grau de herança laminar e o tipo de ramificações encontradas. Desta forma, foramidentificados dois morfotipos distintos de estromatólitos onde, as formas cônicas sem ramificações, apresentaram alto grau de herançalaminar, sendo então classificados como Conophyton garganicum. As formas ramificadas, geralmente com dicotomas paralelos e decrescimento muito convexo, foram classificadas como Jacutophyton. A geometria dos corpos dolomíticos, o conteúdo paleontológico e suaposição estratigráfica associada a sedimentação pelítica, sugerem que estas rochas foram formadas a partir de precipitações bioquímicasem águas pouco profundas (submaré rasa) dentro de um ambiente costeiro.

Palavras Chaves: Estromatólito; Grupo Macaúbas; Proterozóico; Conophyton; Jacutophyton.

 

ABSTRACT

COLUMNAR STROMATOLITES AT THE BASE OF MACAÚBAS GROUP, NORTHEST OF ESPINHAÇO RIDGE (MG): PALEONTOLOGYAND SEDIMENTARY ENVIRONMENT- The rocks at the base of the Macaúbas Group that outcrop in the northeastern of Espinhaço Ridge areconstituted mainly by quartzites followed by layers of metapelites and metacarbonates rocks, deposited in fluvial, marine and coastalenvironments, of Neoproterozoic age. At the top of metapelites layers of the Domingas Formation, occur isolated lens of dolomitescontaining a rich paleontological content composed of columnar estromatolitics structures. After recently field trips where they wereidentified news lenses of dolomites in the Boqueirão Farm (Inhaí/Diamantina region) and the lens already know, in the Jequitinhonha river,trough was described the morphology and geometry of biogenic structures found, besides the petrography of carbonates and metapeliticrocks associated. In this study the stromatolites were classified by the macro and mesostructures, depending on the degree of laminar andheritage branch type found. In this way, were described two distinct morphotypes of stromatolites where conical shapes without branches,showed a high degree of laminar heritage, being so classed as Conophyton garganicum. The branched shapes, usually with paralleldicotomas and convex growth were classified as Jacutophyton. The geometry of the dolomitic bodies, the paleontological content andstratigraphic position association of pelitic sedimentation, suggest that these rocks were formed from biochemical precipitation in waterssufficiently deep (subtidal shallow) within a coastal environment.

Keywords: Stromatolites; Macaúbas Group; Proterozoic; Conophyton; Jacutophyton.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2013-07-31
Section
Artigos