Medonho, objeto ou sujeito na literatura brasileira? Reflexões a partir da recepção do debate sobre masculinidades negras no Brasil

  • Rosânia do Nascimento

Resumo

Este artigo propõe analisar como a personagem Medonho, negro, homossexual, na obra Suor de Jorge Amado é representado sob a ótica de estereótipos, a partir da recepção dos estudos fanonianos no Brasil, que tem ensejado o debate sobre masculinidades negras. Não se trata de um estudo no campo da análise do discurso literário. Da mesma forma, nossa análise não se pauta em juízo de valor sobre o autor, nem é um exercício anacrônico, pois está fundamentado em discussões emergentes na academia, muitas vezes, realizadas por cientistas sociais negros.

Publicado
2019-07-01
Seção
Artigos