Casa Grande & Senzala e Raízes do Brasil no Modernismo brasileiro: relações com o campo literário e a formação da identidade nacional

  • Victor José Alves Fernandes

Resumo

Resumo: A questão da identidade cultural do brasileiro vem sendo trabalhada desde meados do século XIX, quando as Ciências Sociais no Brasil ainda começavam a se estabelecer. Este trabalho tem como objetivo ressaltar a importância do movimento Modernista nacional – em especial sua manifestação no campo literário – como fator determinante para mudança da concepção do brasileiro acerca de si mesmo, na medida em que rompe com paradigmas culturais eurocêntricos, tendo como sustentáculo da argumentação as obras Casa Grande & Senzala, de Gilberto Freyre, e Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor José Alves Fernandes

Graduando em Ciências Sociais pela UFMG. 

Publicado
2016-03-12
Seção
Artigos