Comunidades epistêmicas: agentes de mudança em uma sociedade globalizada

Autores

  • Andrea Azevedo

Resumo

Neste artigo, relaciona-se a discussão sobre as comunidades epistêmicas ao debate sobre a constituição de uma sociedade civil globalizada. O papel das comunidades epistêmicas, nesse sentido, é fundamental: é por meio dessas comunidades de especialistas que o conhecimento e as novas idéias são capazes de transitar entre as esferas de decisão, nacional e transnacionalmente. Assim, observando como os agentes políticos se utilizam de novos argumentos trazidos pela discussão sobre a globalização e a sociedade civil, desenvolve-se uma análise do processo de tomada de decisões públicas que leva em consideração não só os agentes políticos nacionais, mas também seus pares transnacionais.. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-07-02

Edição

Seção

Artigos