Machado de Assis e a abolição: considerações sobre Memorial de Aires

  • Harion Custódio

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a forma com que o escritor Machado de Assis representou o processo da abolição da escravatura em seu último romance, assim como as relações interétnicas estabelecidas no determinado período. Será analisado também como esses elementos sócio históricos se relacionam com a forma do romance.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Harion Custódio

Graduando em Letras, com ênfase em Estudos Literários, pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.