A circulação de marfim entre Portugal, Guiné, Angola e Minas Gerais (1700-1800)

  • Maria Rabelo de Farias

Resumo

Neste paper serão apresentados dados do levantamento dos acervos em marfim e sua documentação nas instituições mineiras, os levantamentos foram realizados em fundos arquivísticos correspondentes a órgãos governamentais destinados a preservação do patrimônio cultural, bem como de arquivos eclesiásticos. Os objetivos dessa parte do trabalho se concentraram no levantamento e catalogação dos acervos em marfim de Minas Gerais, e a partir desse trabalho preliminar, serão identificadas origem, tipologia, circulação e posse das peças no Estado durante o século XVIII.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Rabelo de Farias

Graduanda em História na Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG