ENTREVISTA COM FERNANDA PEREIRA E SOFIA CARMO, DO COLETIVO RETOMADAS EPISTEMOLÓGICAS

Autores

  • Camila Penaforte UFMG
  • Tulio Henrique Gomes da Silva UFMG

Resumo

Fernanda Reis Nunes Pereira e Sofia Maria do Carmo Nicolau são as duas idealizadoras do Coletivo Retomadas Epistemológicas, que surgiu na Universidade Federal de Minas Gerais em agosto de 2019. A reivindicação inicial do Coletivo girava em torno da denúncia da invisibilização de autores e autoras negras, negros e indígenas no cerne das referências metodológicas e bibliográficas mobilizadas nas disciplinas obrigatórias do curso de Ciências Sociais e da proposição de sua inclusão junto às esferas administrativo-burocráticas do curso. A discussão permanece até os dias atuais como pauta em articulação no Colegiado. O Coletivo, porém, ganhou corpo e tem explorado outras possibilidades de intervenção e atuação. Em janeiro de 2020 inaugurou uma página no Instagram, na qual elaboram resenhas de obras teóricas e audiovisuais, além da divulgação e visibilização da obra e da vida de personalidades negras e indígenas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-07-16