Recobrimento radicular com enxerto de tecido conjuntivo e fibrina rica em plaquetas: uma revisão crítica

Autores

  • Lidiane Cristina Machado Costa
  • Elita Caroline da Silva Nascimento
  • Maria Eduarda Ribeiro Carvalho
  • Nayara Cristina de Oliveitra Dias
  • Alice Machado Carvalho Santos
  • Maria Luiza da Matta Felisberto Fernandes

DOI:

https://doi.org/10.7308/aodontol/2020.56.e12

Resumo

Introdução: Cirurgias de enxerto gengival são realizadas para o recobrimento radicular. O uso de enxerto de tecido conjuntivo tem sido considerado como padrão ouro para o tratamento de recessão gengival, porém algumas dificuldades são encontradas nessa técnica.

Objetivo: O objetivo desta revisão foi realizar uma análise crítica da literatura quanto à utilização do procedimento enxerto de tecido conjuntivo e da membrana de Fibrina Rica em Plaquetas para recobrimento da raiz exposta, frisando os benefícios e previsibilidade de sucesso de cada uma.

Materiais e Métodos: Foi realizada uma busca nas bases PubMed, Scielo e Bireme, sendo incluídos estudos relevantes relacionados ao tema para síntese deste trabalho.

Resultados: Foram selecionados 5 artigos para serem incluídos nessa revisão crítica, sendo 3 ensaios  clínicos controlados randomizados, 1 ensaio clinico e 1 um relato de caso.

Conclusões: O recobrimento radicular com uso de enxerto de tecido conjuntivo e fibrina rica em plaquetas apresenta resultados satisfatórios, devolvendo estética, saúde e regeneração dos tecidos gengivais e periodontais. Em relação à fibrina rica em plaquetas, há poucos casos na literatura quanto aos resultados clínicos à longo prazo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-05-28

Como Citar

Cristina Machado Costa, L., Caroline da Silva Nascimento, E. ., Ribeiro Carvalho, M. E. ., Cristina de Oliveitra Dias, N., Machado Carvalho Santos, A., & da Matta Felisberto Fernandes, M. L. (2020). Recobrimento radicular com enxerto de tecido conjuntivo e fibrina rica em plaquetas: uma revisão crítica. Arquivos Em Odontologia, 56. https://doi.org/10.7308/aodontol/2020.56.e12

Edição

Seção

Artigos