ANÁLISE COMPARATIVA DA TRANSLUCIDEZ DE COMPÓSITOS

  • Gisele Schmaedecke Burnier Universidade do Vale do Itajaí - SC
  • Scheila Mara de Melo Universidade do Vale do Itajaí - SC
  • Nivaldo Murilo Diegoli Universidade do Vale do Itajaí - SC

Resumo

A grande dificuldade que o profissional hoje encontra é a de reconstruir um elemento composto por estruturas diferentes os quais apresentam propriedades ópticas também diferentes, que levam a efeitos diversos quando expostos à iluminação. Assim este trabalho tem como objetivo comparar o grau de translucidez de compósitos por meio da medida (com uso do radiômetro) da passagem de luz através de pastilhas, com 1mm de espessura, confeccionadas por determinada quantia de compósito colocada entre duas placas de vidro, as quais foram pressionadas até atingirem um stop de plástico colocado entre as placas. Após a fotopolimerização nos dois lados da pastilha ela foi desgastada nas bordas até atingir o diâmetro desejado (73mm) para o encaixe no degrau intermediário do radtômetro Demetron. As médias foram submetidas à análise de variância (ANOVA) e ao teste de comparação de médias de Ryan-Einot-Gabriel-Welsch, em nível de confiabilidade de 95%. A resina composta Filtek Supreme (n= 75) foi a que apresentou maiores resultados de translucidez, seguida pelas resinas Z 700 (n= 76), Flll Magic (n= 72), 2250 (n= 70), Durafill (n= 73), Concept (n= 70), Solitaire (n= 70) e Herculite XRV (n= 74). De acordo com a metodologia utilizada, concluiu-se que os valores de translucidez variaram em virtude das resinas, sendo o maior valor encontrado para o material Filtek Supreme (3M) e o menor para o compósito Herculite XRV (Kerr).

Descritores: compósitos, translucidez, opacidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gisele Schmaedecke Burnier, Universidade do Vale do Itajaí - SC

Aluna do curso de graduaçào em Odontologia da Universidade do Vale do Itajaí - SC 

Scheila Mara de Melo, Universidade do Vale do Itajaí - SC
Aluna do curso de graduaçào em Odontologia da Universidade do Vale do Itajaí - SC
Nivaldo Murilo Diegoli, Universidade do Vale do Itajaí - SC
Professor da Disciplina de Metodologia Científica do Curso de Odontologia da Universidade do Vale do Itajaí - SC

Referências

1 Hirata R, Ampessan RL, Liu J. Reconstrução de dentes anteriores com resinas compostas. Uma sequência de escolha e aplicação de resinas. JBC Jornal Brasileiro de Clínica e Estética em Odontologia 2001; 5:15-25.
2 Pedrini D, Candido MSM, Dinelli W, Loffredo LCM. Análise da translucidez da associação cimento ionômero de vidro/resina composta. Efeito de materiais e tempo. Rev Odontol UNESP 1996; 25: 123-33.
3 Galan Júnior J, Namen FM. Materiais estéticos e técnicas restauradoras diretas, resinas compostas e ionômeros de vidro. In: . Dentística Restauradora: O essencial para o clínico. São Paulo: Santos, 1998; 67-82.
4 Prado Júnior RR, Porto Neto ST. Estudo comparativo da translucidez de materiais restauradores estéticos. Efeito de materiais e tempo. Rev Odontol UNESP 1998; 27: 311-8.
5 Schmidseder J. Odontologia Estética. São Paulo: Santos, 1998; 85-102.
6 Pozzobon RT, Candido MSM, Rodrigues AL. Análise da translucidez de materiais restauradores estéticos. Efeito de agentes clareadores e tempo. JBC Jornal Brasileiro de Clínica e Estética em Odontologia 1999; 3: 45-52.
7 Campos EA de, Pizzocolo LN, Lutti RN, Porto Neto ST, Andrade MF de. Influência de corantes sobre a translucidez de resinas compostas. Revista da Faculdade de Ciências Odontológicas 1999; 2: 12-8.
8 Touati B, Miara P, Nathanson D. Odontologia: Estética e restaurações cerâmicas. São Paulo: Santos, 2000; 39-60.
9 Jardim P dos S, Miranda CB, Candido MSM, Lima DM. Análise comparativa da translucidez do esmalte e de diferentes resinas compostas microparticuladas. Cienc Odontol Bras 2002; 5: 18-24.
Publicado
2016-03-02
Como Citar
Burnier, G. S., Melo, S. M. de, & Diegoli, N. M. (2016). ANÁLISE COMPARATIVA DA TRANSLUCIDEZ DE COMPÓSITOS. Arquivos Em Odontologia, 42(1). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3406
Seção
Artigos