Estimativa da idade pela mineralização dentária utilizando o método de Nicodemo, Morais e Médici Filho (1974) em população portuguesa

Autores

  • Samilly Silva Miranda Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS
  • Diana Margarida Prata das Neves Universidade de Coimbra - UC
  • Frederico José da Silva Gomes Universidade de Coimbra - UC
  • Ana Teresa Corte- Real Universidade de Coimbra - UC

Resumo

Objetivo: O presente trabalho propõe-se analisar a aplicabilidade do método radiográfico de estimativa da idade de Nicodemo, Moraes e Médici Filho (1974), numa população juvenil portuguesa. Material e Métodos: Foi analisada, em 43 panorâmicas, a cronologia da mineralização dos dentes permanentes, segundo o método proposto. A população em estudo corresponde a 43 crianças e adolescentes, 24 do sexo masculino e 19 do sexo feminino, de nacionalidade portuguesa, residentes no distrito de Coimbra e com idades compreendidas entre 6 e 11 anos. Os procedimentos de análise incluíram análise descritiva, pela obtenção de frequências simples relativas, bem como as medidas de média aritmética e desvio padrão para os intervalos de idade. Resultados: A análise dos resultados obtidos permitiu estimar a idade em 71,0% (31) dos participantes. Quanto ao sexo, observou-se que em 75,0% das panorâmicas analisadas do sexo masculino, a idade cronológica situava-se no intervalo encontrado. No que concerne ao sexo feminino, verificou-se que 68,4% das idades estavam entre os intervalos obtidos. Ao se obter as médias das idades com seus respectivos desvios padrões, observa-se que a idade estimada, compreendida entre 96-108 meses, apresentou-se muito próxima da idade cronológica. Conclusão: Os dados sugerem que a avaliação da estimativa da idade em população portuguesa, por este método, pode auxiliar no processo de identificação. No entanto, faz-se necessário adaptações para esta população, nas idades que foram subestimadas ou superestimadas, além de uma equipe com maior experiência na utilização do método.
Descritores: Odontologia forense. Identificação médico-legal. Ortopantomografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samilly Silva Miranda, Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS

Programa de pós-graduação em Saúde Coletiva. Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Bahia, Brasil.

Diana Margarida Prata das Neves, Universidade de Coimbra - UC

Programa de pós-graduação em Medicina Dentária, Universidade de Coimbra (UC), Coimbra, Portugal.

Frederico José da Silva Gomes, Universidade de Coimbra - UC

Programa de pós-graduação em Medicina Dentária, UC, Coimbra, Portugal.

Ana Teresa Corte- Real, Universidade de Coimbra - UC

Departamento de Medicina Dentária, Faculdade de Medicina, Universidade de Coimbra (UC), Coimbra, Portugal.

Referências

1. Peres AS, Peres SHCS, Nishida CL, Grandizoli DK, Ribeiro IWJ, Gobbo LG, et al. Peritos e perícias em Odontologia. Revista de Odontologia
da Universidade Cidade de São Paulo. 2007;19(3):320-4.
2. Silva M. Compêndio de Odontologia Legal. São Paulo: Medsi; 1997.
3. Caldas IM, Magalhães T, Afonso A. Establishing identity using cheiloscopy and palatoscopy. Forensic Sci Int. 2007;165(1):1-9.
4. Schmeling A, Reisinger W, Geserik G, Olze. Age estimation of unaccompanied minors – Part I. General considerations. Forensic Sci Int. 2006;159(1):61-4.
5. Carvalho SPM, Silva RHA, Lopes-Júnior C, Peres AS. A utilização de imagens na identificação humana em odontologia legal. Radiol Bras.
2009;42(2):125–30.
6. Meinl A, Huber CD, Tangl S, Gruber GM, Teschler-Nicola M, Watzek G. Comparison of the validity of three dental methods for the estimation of age at death. Forensic Sci Int. 2008; 4178(2-3):96-105.
7. Cardozo HF, Silva M. Estimativa da idade pelo exame dos dentes. In: Silva M. Compêndio de odontologia legal. São Paulo, 1997. p. 125-48.
8. Garamendi PM, Landa MI, Ballesteros J, Solano MA. Reliability of the methods applied to assess age minority in living subjects around 18 years old - A survey on a Moroccan origin population.
Forensic Sci Int. 2005;154(1):3-12.
9. Liversidge HM, Lyons F, Hector MP. The accuracy of three methods of age estimation using radiographic measurements of developing teeth. Forensic Sci Int. 2003;131(1):22-9.
10. Chaillet N, Willems G, Demirjian A. Dental maturity in Belgian children using Demirjian’s method and polynomial functions: new standard curves for forensic and clinical use. J Forensic
Odontostomatol. 2004; 22(2):18-27.
11. Nicodemo RA, Moraes LC, Médici FE. Tabela cronológica da mineralização dos dentes permanentes entre brasileiros. Rev Fac Odont São José dos Campos. 1974; 3(1):55-6.
12. Gonçalves ACS, Antunes JLF. Estimativa da idade em crianças baseada nos estágios de mineralização dos dentes permanentes, com
finalidade Odontolegal. Rev. Odontologia e Sociedade. 1999; 1(1/2):55-62.
13. Oliveira OF, Fernandes MM, Daruge Júnior E, Melani RFH, Paranhos LR. Estimativa da idade por meio de radiografias panorâmicas. RGO -
Rev Gaúcha Odontol. 2010; 58(2):203-6.
14. Cardoso H. Differential sensitivity in growth and development of dental and skeletal tissue to environmental quality. ArquiMed. 2007;
21(1):19-23.
15. Oliveira FT, Capelozza ALA, Lauris JRP, Bullen IRFR. Mineralization of mandibular third molars can estimate chronological age - Brazilian
indices. Forensic Science International. 2012;219(1-3):147-50.
16. Bagherian A, Sadeghi M. Assessment of dental maturity of children aged 3.5 to 13.5 years using the Demirjian method in an Iranian population. J Oral Sci. 2011; 53(1):37-42.
17. Chertkow S. Tooth mineralization as an indicator of the pubertal growth spurt. Am J Orthod. 1980; 77(1):79-91.
18. Karaday B, Afsin H, Ozaslan A, Karaday S. Development of dental charts according to tooth development and eruption for Turkish children
and young adults. Imaging Science in Dentistry. 2014; 44(2):103-13.
19. Oliveira FT, Capelozza AL, LaurisJR, de Bullen IR. Mineralization of mandibular third molars can estimate chronological age - Brazilian indices. Forensic Sci Int. 2012; 219(1-3):147-50.
20. Liversidge HM, Lyons F, Hector MP. The accuracy of three methods of age estimation using radiographic measurements of developing
teeth. Forensic Sci Int. 2003;131(1):22-9.
21. Gundim AC, Sousa AP, Silva JC, Oliveira R, Yamamoto-Silva FP, Silva BSF. Estágio de mineralização dos terceiros molares e sua relação com a idade cronológica: uma amostra da população do Centro-Oeste do Brasil. Rev Odontol UNESP. 2014; 43(5):294-8.

Downloads

Publicado

2016-06-14

Como Citar

Miranda, S. S., das Neves, D. M. P., Gomes, F. J. da S., & Corte- Real, A. T. (2016). Estimativa da idade pela mineralização dentária utilizando o método de Nicodemo, Morais e Médici Filho (1974) em população portuguesa. Arquivos Em Odontologia, 51(3). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3679

Edição

Seção

Artigos