Acesso aos serviços de saúde bucal em Campina Grande/Paraíba: um estudo de série temporal

  • Thaynná Barboza Bezerra de Lima Universidade Federal da Paraíba https://orcid.org/0000-0003-4853-6632
  • Lígia Natália Sobreira Duarte Bezerra Universidade Estadual da Paraíba
  • Heloísa Raquel Ferreira Amorim Universidade Estadual da Paraíba
  • Déborah Ellen Wanderley Gomes Freire Universidade Estadual da Paraíba
  • Renata Cardoso Rocha Madruga Universidade Estadual da Paraíba

Resumo

Introdução: Este estudo avaliou o acesso aos serviços odontológicos em áreas cobertas pela Estratégia Saúde da Família em Campina Grande – PB, comparando as séries temporais dos anos de 2009 e 2014.

Materiais e Métodos: Tratou-se de um estudo quantitativo, analítico, com desenho do tipo transversal, de base populacional, do seguimento de dois estudos, com dados primários coletados prospectivamente, longitudinal ou de seguimento. A análise dos dados foi realizada através do SPSS 18.0, em duas etapas: uma descritiva e outra analítica. Na primeira foram feitas as distribuições de frequência das variáveis quantitativas, na segunda foram testadas as associações, utilizando-se o Qui quadrado de Pearson. Para todas as análises foi considerado significante o nível de 5%.

Resultados: Os fatores sócio-bio-demográficos associados ao acesso no estudo de 2009, foram: idade, estado civil, renda do respondente e escolaridade. Em 2014, além desses, esteve associada à renda familiar.

Conclusão: Pôde-se concluir que a equidade não está sendo respeitada. Este estudo pretende dar uma contribuição para a lacuna existente na avaliação de tais serviços.

Palavras-Chave: Estratégia Saúde da Família. Serviços de Saúde Bucal. Acesso aos serviços de Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaynná Barboza Bezerra de Lima, Universidade Federal da Paraíba
Programa de Pós Graduação em Odontologia da Universidade Federal da Paraíba. Área: Epidemiologia
Lígia Natália Sobreira Duarte Bezerra, Universidade Estadual da Paraíba
Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba
Déborah Ellen Wanderley Gomes Freire, Universidade Estadual da Paraíba
Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Universidade Estadual da Paraíba
Renata Cardoso Rocha Madruga, Universidade Estadual da Paraíba
Departamento de Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba

Referências

1. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim eletrônico da Secretaria de Vigilância em Saúde/MS: SVS em rede. Pesquisa do IBGE revela que aprovação dos serviços de saúde no Brasil supera 86%. Edição 72; 2010a abr. [acesso 19 jun. 2013]. Brasília-DF. Disponível em: .
2. ______. Relatório Final SB BRASIL, 2010b. [acesso 19 jun. 2013]. Brasília-DF Disponível em: .
3. RONCALLI, A.G. Projeto SB Brasil 2010 – Pesquisa Nacional de Saúde Bucal revela importante redução da cárie dentária no país. Cad. Saúde Pública 2011. 27 (1).
4. WARMLING, A.M.F.; AMANTE C.I.; VIEIRA, M.L.H. Aplicativo baseado nos determinantes da doença cárie para apoio à tomada de decisão. Jornal Brasileiro de Telessaúde 2012, 1(2):35-42.
5. VIANA, I.B.; MARTELLI, P.J.L.; PIMENTEL, F.C. Análise do acesso aos serviços odontológicos através do indicador de primeira consulta odontológica programática em Pernambuco: estudo comparativo entre os anos 2001 e 2009. Rev. Bras. Promoç. Saúde 2012, 25(2):151-160.
6. MAGALHÃES, B.G; OLIVEIRA, R.S.; GASPAR, G.S.; FIGUEIREDO, N.; GOES, P.S.A. Avaliação do Cumprimento de Atenção Secundária em Saúde Bucal. PesqBrasOdontopedClinIntegr 2012, 12(1):107-12.
7. PERES, K.G.; PERES, M.A.; BOING, A.F.; BERTOLDI, A.D.; BASTOS, J.L.; BARROS, A.J.D. Redução das desigualdades sociais na utilização de serviços odontológicos no Brasil entre 1998 e 2008. Rev. Saúde Pública 2012, 46(2):250-8.
8. FONSECA, L.L.V.; NEHMY, R.M.Q.; MOTA, J.A.C. O valor social dos dentes e o acesso aos serviços odontológicos. Ciência & Saúde Coletiva 2015,20(10):3129-3138, 2015.
9. JORNADA, B.; SANTOS, B. Z.; GARCIA, L. P., DALPIAN, D. M.; BACKES, D. S.; KRAUSE, L. F.. Acesso e utilização de serviços odontológicos entre adolescentes e fatores associados no Brasil. DisciplinarumScientia 2012, 13,(2):275-288.
10. ROCHA, R.A.C.P.; GOES, P.S.A. Comparação do acesso aos serviços de saúde bucal em áreas cobertas e não cobertas pela Estratégia Saúde da Família em Campina Grande, Paraíba, Brasil.Cad Saúde Pública 2009, 24(12):2871-2880.
11. ROCHA, R. A. C. P. Avaliação do Acesso efetivo aos serviços odontológicos em áreas cobertas pela Estratégia Saúde da Família em Campina Grande – PB. Tese de Doutorado, Camaragibe: Faculdade de Odontologia de Pernambuco, Universidade Estadual de Pernambuco. 2009, 155f.
12. IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, 2017
13. PINHEIRO, R. S.; VIACAVA, F.; TRAVASSOS, C.; BRITO, A. S. Gênero, morbidade, acesso e utilização de serviços de saúde no Brasil. Ciênc Saúde Coletiva 2002, (7):687-707.
14. IBGE. Base de informações por setor censitário (Paraíba- Campina Grande) 2504009. Rio de Janeiro: IBGE, n.1, 2002. CD-ROM.
15. ______. Sistema de recuperação de informações georreferênciadas – Estatcart versão 2.0 ISBN 85-240-0876-8. Rio de Janeiro: IBGE, n.1, 2003. CD-ROM.
16. LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Variáveis. In: ______. Fundamentos de metodologia científica. 3. ed., rev e ampl. São Paulo: Atlas, 1996, cap. 7, p. 137-54.
17. IBGE. Acesso e utilização de serviços de saúde. PNAD 2003. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Rio de Janeiro, 2005. 169p.
18. GOES, P. S. A. The prevalence and impact of dental pain in brazilian schoolchildren and their families. London, 2001. 305f. Thesis (PhD) – Universityof London
19. LANDIS, J.; KOCH, G. G.The measurement of observer agreement for categorical data.Biometrics 1977, 33:159-174.
20. NICKEL, D. A.; LIMA, F. G.; SILVA, B. B. Modelos assistenciais em saúde bucal no Brasil. Cad. Saúde Pública 2008,24(2):241 – 246.
21. PINHEIRO, R. S.; TORRES, T. Z. G. Uso de serviços odontológicos entre os Estados do Brasil. Rev. Ciência & Saúde Coletiva 2006,11(4):999 – 1010.
22. BARROS, A. J. D.; BERTOLDI, A. D. Desigualdades na utilização e no acesso a serviços odontológicos: uma avaliação em nível nacional. Rev. Ciência & Saúde Coletiva 2002, 7(4):709 – 717.
23. RAMOS, D. D.; LIMA, M. A. D. S. Acesso e acolhimento aos usuários em uma Unidade de Saúde de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Cad Saúde Pública 2003,19(1):27 – 34.
24. 24.SANTOS, A. M.; ASSIS, M. M. A.; RODRIGUES, A. A. A. O.; NASCIMENTO, M. A. A.; JORGE, M. S. B. Linhas de tensões no processo de acolhimento das equipes de saúde bucal do Programa Saúde da Família: o caso de Alagoinhas, Bahia, Brasil. Cad. Saúde Pública 2007,23(1):75 – 85.
25. BALDANI, M. H.; VASCONCELOS, A. G. G.; ANTUNES, J. L. F. Associação do índice CPO-D com indicadores sócio-econômicos e de provisão de serviços odontológicos no Estado do Paraná, Brasil. Cad. Saúde Pública 2004,20(1):143 – 152.
26. DAVOGLIO, RS; AERTS, DRGC; ABEGG,C; FREDDO, SL; MONTEIRO, L. Fatores associados a hábitos de Saúde Bucal e utilização de serviços odontológicos. Cad Saúde Pública 2009, 25(3):655-667.
27. PEREIRA, C. R. S. Impacto da Estratégia Saúde da Família com equipe de Saúde bucal sobre a utilização de serviços odontológicos. Cad Saúde Pública 2009,25(5):985-996.
28. BALDANI, M. H.; BRITO, W. H.; LAWDER, J. A. C.; MENDES, Y. B. E.; SILVA, F. F. M.; ANTUNES, J. L. F. Determinantes individuais da utilização de serviços odontológicos por adultos e idosos de baixa renda.RevBrasEpidemiol 2010, 13(1):150-162.
29. CASSAL, J. B.; CARDOZO, D. O.; BAVARESCO, C. S. Perfil dos usuários de urgência odontológica em uma Unidade de Atenção Primária à Saúde. Rev APS 2011, 14(1):85-92.
30. BARBATO, P. R.; NAGANO, H. C. M.; ZANCHET, F. N.; BOING, A.F.; PERES, M. A. Perdas dentárias e fatores sociais, demográficos e de serviços associados em adultos brasileiros: uma análise dos dados do Estudo Epidemiológico Nacional (Projeto SB Brasil 2002-2003). Cad. Saúde Pública 2007,23(8):1803 – 1814.
31. FERNANDES, L. S.; PERES, M. A. Associação entre atenção básica em saúde bucal e indicadores socioeconômicos municipais. Rev. Saúde Pública 2005,39(6):930 – 936.
32. BALDANI, M. H.; NARVAI, P. C.; ANTUNES, J. L. F. Cárie dentária e condições socioeconômicas no Estado do Paraná, Brasil, 1996. Cad. Saúde Pública 2002, 18(3):755 – 763.
33. FIGUEIREDO, N.; GOES, P. S. A. Construção da atenção secundária, em saúde bucal: um estudo sobre os Centros de Especialidades Odontológicas em Pernambuco, Brasil. Cad. Saúde Pública 2009,25(2):259 – 267.
34. GIBILINI, C.; ESMERIZ, C. E. C.; VOLPATO, L. F. MENEGHIM, Z. M. A. P.; SILVA, D. D.; SOUSA, M. L. R. Acesso a serviços odontológicos e auto-percepção da Saúde Bucal em adolescentes, adultos e idosos.Arq.Emodontologia 2010, 46(4).
35. LACERDA, J. T.; SIMIONATO, E. M.; PERES, K. G.; PERES, M. A.; TRAEBERT, J.; MARCENES, W. Dor de origem dental como motivo de consulta odontológica em uma população adulta.Rev Saúde Pública 2004, 38(3):453-458.
Publicado
2020-01-30
Como Citar
Bezerra de Lima, T. B., Sobreira Duarte Bezerra, L. N., Ferreira Amorim, H. R., Wanderley Gomes Freire, D. E., & Rocha Madruga, R. C. (2020). Acesso aos serviços de saúde bucal em Campina Grande/Paraíba: um estudo de série temporal. Arquivos Em Odontologia, 56. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3774
Seção
Artigos