Populações tradicionais e conflitos territoriais na Amazônia

Autores

  • Marta Goreth Marinho Lima Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Elves Marcelo Barreto Pereira Universidade Federal do Pará (UFPA)

Palavras-chave:

Populações tradicionais, Conflito, Sustentabilidade, Amazônia

Resumo

O presente artigo analisa a concepção de populações tradicionais e os conflitos territoriais que ocorreram na segunda metade do século XX na Amazônia, levando em consideração que o processo de ocupação dessa região, comandado pelos governos militares, não reconhecia o regime de propriedade comum dos povos nativos. Aborda-se ainda como essas populações, à luz do contexto ambientalista, passam a ser vistas como parceiros de programas de desenvolvimento sustentável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Goreth Marinho Lima, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Marta Goreth Marinho Lima é mestranda em Geografia pela Universidade Federal do Pará.

Elves Marcelo Barreto Pereira, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Elves Marcelo Barreto Pereira é mestrando em Geografia pela Universidade Federal do Pará.

Downloads

Publicado

2007-07-01

Como Citar

Lima, M. G. M., & Pereira, E. M. B. (2007). Populações tradicionais e conflitos territoriais na Amazônia. Revista Geografias, 107–119. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/geografias/article/view/13221

Edição

Seção

Artigos