A alteração do uso do solo no município de Ibirité e conseqüências associadas

  • Patrícia Mara Lage Simões
  • Cristiane Valéria de Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Palavras-chave: Usos do solo, Expansão urbana, Problemas ambientais

Resumo

Ibirité, historicamente se caracterizava por ser um município dedicado à atividade agrícola, contudo as mudanças em seu perfil econômico, associada com a proximidade com Belo horizonte, alterou o uso do solo no município. Nesse sentido esta pesquisa tem como objetivo investigar a alteração do uso do solo nesse município, relacionando tal alteração com a expansão urbana, e ainda verificando os possíveis problemas ambientais associados com tal modificação do uso do solo. Para elaborar esta análise foram confeccionados três mapas de uso do solo do município, dos períodos de 1977, 1989 e 2006, os quais demonstraram uma modificação do uso do solo na área de estudo. Posteriormente elaborou-se um mapa de vetores de expansão urbana que possibilitou analisar a dinâmica do processo de ampliação da área urbana do município estudado. Os resultados indicam que ocorreu uma intensa alteração do uso do solo em Ibirité, principalmente com relação à expansão das áreas urbanas, substituindo os demais usos, como: mata, agricultura e pastagem. O processo de expansão urbana do município ocorreu sob influências econômicas dos municípios vizinhos, sendo assim, os maiores vetores de expansão se originam na área limite com os municípios vizinhos, principalmente com Belo Horizonte.

Biografia do Autor

Patrícia Mara Lage Simões,
Patrícia Mara Lage Simões é Mestre em Geografia/UFMG.
Cristiane Valéria de Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Cristiane Valéria de Oliveira é Professora Associada do Departamento de Geografia/UFMG.
Publicado
2009-07-01
Seção
Artigos