Mobilidade Urbana Sustentável em Áreas Centrais

reflexões sobre seus desafios a partir de Uberlândia-MG

Autores

  • Lidiane Aparecida Alves Universidade Federal de Uberlândia
  • Wlisses dos Santos Carvalhêdo Universidade Federal de Uberlândia
  • Rosielli Santos Araújo Universidade Federal de Uberlândia
  • William Rodrigues Ferreira Universidade Federal de Uberlândia https://orcid.org/0000-0002-0312-1700

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-549X..13290

Palavras-chave:

Áreas Centrais, Mobilidade Urbana, Sustentabilidade

Resumo

Devido ao modelo de desenvolvimento urbano e políticas de transporte adotados, surgiu nas cidades a problemática do tráfego e da mobilidade que, consequentemente, reflete em distorções que inviabilizam o alcance da mobilidade sustentável. Em Uberlândia-MG, a circulação dos diversos agentes na área central ocorre de maneira conflituosa, demonstrando a necessidade de redefinição das prioridades na circulação do sistema viário. No âmbito da circulação de cargas, é importante e necessário aumentar a fiscalização para que as leis de trânsito sejam cumpridas. O objetivo deste trabalho é apresentar as divergências existentes entre as políticas governamentais e as ações efetivadas na área central da cidade de Uberlândia, no que concerne à mobilidade urbana sustentável, perpassando pelas proposições legais, teorias que abordam as temáticas de organização do espaço urbano, mobilidade urbana e sustentabilidade. Para tanto, recorreu-se às diretrizes internacionais e nacionais para a formulação de uma análise do contexto instituído no âmbito corporativo do espaço intraurbano para além de uma proposição logística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidiane Aparecida Alves, Universidade Federal de Uberlândia

Mestranda no curso de Geografia.

Wlisses dos Santos Carvalhêdo, Universidade Federal de Uberlândia

Mestrando no curso de Geografia.

Rosielli Santos Araújo, Universidade Federal de Uberlândia

Aluna especial do curso de mestrado em Geografia.

William Rodrigues Ferreira, Universidade Federal de Uberlândia

Prof. Dr. do Instituto de Geografia.

Referências

BRASIL. Ministério das Cidades. Caderno de Referência para a Elaboração de Plano de Mobilidade Urbana. Brasilia: MCidades, 2007.

____. Curso: Gestão Integrada da Mobilidade Urbana. Brasília: MCidades, 2006.

____. Decreto-Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001. Dispõe sobre o Estatuto da Cidade. Brasília, 2001.

CHAO, C. O.; MONROY; R. G. La accesibilidad espacial en la definicion de territorios inteligentes. ACE. AÑO II, núm.6, febrereo 2008.

CONTRAN. Resolução nº268, de 15 de fevereiro de 2008. Dispões sobre o uso de luzes intermitentes ou rotativas em veículos, e dá outras providências.

CORRÊA. R. L. Trajetórias Geográficas. 3ªed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.

FERREIRA, W. R. Áreas Centrais Congestionadas: A questão dos pedestres – um estudo de caso-. Dissertação de Mestrado, Publicação TU. DM 01ª/997. Brasília: Departamento de engenharia civil, Universidade de Brasília, 1997. 152p.

____. O Espaço Público nas áreas Centrais: A rua como referênciaum estudo de caso em Uberlândia MG-. Tese de Doutorado. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2002.

GOVEA, R. A; TEJADA J. M. Criterios para la implantación de medidas de gestión de la demanda de transporte. Disponível em http://redpgv. coppe.ufrj.br. Acesso em: 15 jun 2009.

IBGE. Conselho Nacional de Geografia. A área Central da Cidade do Rio de Janeiro. Org. Divisão de Geografia. Rio de Janeiro: IBGE. 1967.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em . Acesso em: 20 mar. 2009.

MOLLINEDO, C. L. Movilidad urbana sostenible: um reto para las ciudades del siglo XXI. Revista Economía, Sociedad y Territorio, vol. VI, núm. 22, 2006, 283-321. Granada.

MINISTÉRIO DAS CIDADES. Mobilidade e desenvolvimento urbano. Brasília: MCidades, 2006. 164 p.

OLIVEIRA, H. C. M. de. Em busca de uma proposição metodológica para os estudos das cidades médias: reflexões a partir de Uberlândia (MG). Uberlândia, MG, 2008. 364 f. Dissertação (Mestrado em Geografia). Universidade Federal de Uberlândia, 2008.

PREFEITURA MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA. Projeto de Requalificação da Área Central e Fundinho, 2008.

PONS, J.M.S e REYNÉS, M.R.M. Geografia de los transportes. Universitat de lês Illes Balears, Palma, 2004, 444p.

SANCHES J, P. F. Logística de Carga Urbana: uma análise da realidade brasileira. Tese de Doutorado, Campinas: Unicamp, 2008.

SANZ, A. Movilidad y accesibilidad: un escollo para la sostenibilidad urbana.1997. Madri, Espanha.

SCARINGELLA, R. S. A Crise da Mobilidade Urbana de São Paulo. São Paulo: Perspec. [online]. 2001, vol.15, n.1, p.55-59. ISSN 0102-8839.

SOARES, B.R. Uberlândia: Da cidade Jardim ao Portal do Cerrado – Imagens e Representações no Triângulo Mineiro. Tese de Doutorado. São Paulo: USP, 1995.

SPOSITO, M. E. B. O Centro e as Formas de Expressão da Centralidade Urbana. Revista Geográfica, n° 10. São Paulo, UNESP,1991. p.1-18.

UBERLÂNDIA. Lei Complementar n. 9.855, de 02 de Junho de 2008. Cria Estacionamento Rotativo em Uberlândia.

____. Lei Complementar n. 9.410, de 27 de dezembro de 2006. Dispõe sobre Estacionamento para operações de Carga e Descarga nas Vias Públicas de Uberlândia.

____. Lei Complementar n. 245, de 30 de novembro de 2005. Dispõe sobre o parcelamento e zoneamento do uso e ocupação do solo do município de Uberlândia.

____. Lei Complementar n. 374, de 27 de agosto de 2004. Estabelece o sistema viário básico da cidade de Uberlândia.

____. Decreto n. 7022, de 28 de junho de 1996. Dispões sobre a utilização da área central de Uberlândia para estacionamento denominado “zona azul”.

____. Lei Complementar n. 432, de 19 de outubro de 2006. Dispõe sobre o Plano Diretor do município de Uberlândia.

____. Lei n. 4.744, de 05 de julho de 1988. Institui o Código Municipal de Posturas. UITP . Unión Internacional de Transporte Público. Ticket to the Future: 3 Stops to Sustainable Mobility, UITP, (2003), Bruselas.

____ Transporte urbano, espaço e equidade: análise das políticas públicas. São Paulo: Annablume, 2001 VERTRAN – Gerenciamento e Controle de Tráfego Ltda. Projeto de Requalificação da Área Central e Fundinho, 2008.

VILLAÇA, F. Espaço intra-urbano no Brasil. São Paulo: Studio Nobel, 1998.

Downloads

Publicado

2010-12-01

Como Citar

Alves, L. A., Carvalhêdo, W. dos S., Araújo, R. S., & Ferreira, W. R. (2010). Mobilidade Urbana Sustentável em Áreas Centrais: reflexões sobre seus desafios a partir de Uberlândia-MG. Revista Geografias, 9–25. https://doi.org/10.35699/2237-549X.13290

Edição

Seção

Artigos