Cooperação Sul-Sul entre Brasil e África

utilizando a geopolítica crítica para analisar a construção de hegemonia no caso do Cotton-4+Togo

Autores

  • GUSTAVO LUIZ XAVIER DE ABREU UERJ

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-549X%20.2020.21915

Palavras-chave:

Cooperação Sul-Sul, Geopolítica crítica, Hegemonia

Resumo

A Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (CID) consiste na construção de acordos de ajuda em setores que visam à transferência de tecnologias (sociais, técnicas, científicas ou operacionais). É percebida, cada vez, mais a utilização dessa modalidade de cooperação como uma estratégia de projeção de hegemonias por parte dos países. No contexto da política externa brasileira adotada nos últimos anos (2003-2010), a cooperação técnica ganhou relevância, em especial, pelos investimentos feitos no continente africano, produzindo geografias a partir da dinâmica cooperativa. O Brasil, enquanto doador dentro de cooperações com a África, vale-se do discurso das relações de cooperação Sul-Sul para se opor ao caráter hegemônico e imperialista das cooperações Norte-Sul. Para avaliar os possíveis distanciamentos entre discurso e prática em meio à territorialização do potencial técnico, econômico e político de cooperação do Brasil em relação à África, utilizamos como recorte analítico o Cotton-4 + Togo, projeto estruturante de cooperação técnica agrícola que funciona como exemplo de cooperação territorializante do Brasil para a África e o aparato metodológico da geopolítica crítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGÊNCIA BRASILEIRA DE COOPERAÇÃO. Disponível em: <http://www.abc.gov.br/Gestao/ProjetosEstruturantes>. Acesso: 04 nov. 2018.

AGÊNCIA BRASILEIRA DE COOPERAÇÃO. Disponível em: <http://www.abc.gov.br/projetos/pesquisa Acesso em: 19 de jul>. Acesso: 04 nov2018.

AGÊNCIA BRASILEIRA DE COOPERAÇÃO. Avaliação do projeto “apoio ao desenvolvimento do setor algodoeiro dos países do C-4” (Benin, Burquina Faso, Chade e Mali). São Paulo: ABC, 2014. Disponível em: <http://www.abc.gov.br/content/abc/docs/plan_cotton4_PT.pdf> Acesso: 16 de abr. 2017.

AGÊNCIA BRASILEIRA DE COOPERAÇÃO. Cotton-4+Togo: Uma parceria de sucesso. São Paulo: ABC, 2014. Disponível em: Acesso: 04 nov. 2018. AGÊNCIA BRASILEIRA DE COOPERAÇÃO. Disponível em: <http://www.abc.gov.br/projetos/pesquisa> Acesso: 15 de mar. 2017.

AGÊNCIA BRASILEIRA DE COOPERAÇÃO. Relatório de Atividades 2017. São Paulo: ABC, 2017

AGNEW, J.; CORBIDGE, S. Mastering space - hegemony, territory and international political economy. Londres: Routledge, 1995

AGNEW, J. Hegemony: the new shape of global power. Philadelphia: Temple University Press, 2005

ALLEN, J. Power. In AGNEW, J; MITCHELL, K; TOAL, G (Eds). A Companion to Political Geography. Oxford: Blacwell, 2003.

ANUNCIATO, R. O. Política externa brasileira a atuação da EMBRAPA no caso do Cotton-4. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, 2014 Dissertação de Mestrado

ANUNCIATO, R. O.; MARX, V. Política externa brasileira e a atuação da EMBRAPA no caso do Cotton-4. Anais... 4º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais. Belo Horizonte, 2013

ANUNCIATO, R. O.; MARX, V. Política externa brasileira a atuação da EMBRAPA no caso do Cotton-4. Revista Conjuntura Austral Vol. 5, nº. 25 Ago. - Set. 2014

ARENDT, H. O Que é Política? Trad. Reinaldo Guarany. 6.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006.

ARRIGHI, G. Adam Smith em Pequim: origens e fundamentos do século XXI. São Paulo: Boitempo Editorial, 2008.

BLACKWILL, R.; HARRIS, J. War by Other Means: Geoeconomics and Statecraft. Harvard University Press, 2016.

CAIRO, H. A América Latina no século XXI: geopolítica crítica dos Estados e os movimentos sociais, do conhecimento e da representação. CADERNO CRH, Salvador, v. 21, n. 53, p. 201-206, Maio/Ago. 2008

CECEÑA, A. E. (org). Hegemonias e emancipações no século XXI. São Paulo: CLACSO, 2005.

CEFAÏ, D. Diez propuestas para el estúdio de lãs movilizaciones colectivas: De la experiência al compromiso. Revista de Sociologia, nº 26, 2011, Universidad de Chile. P.137-166.

COSTA LIMA; M. F.; MELO, V. D. S. Revalorização do lugar da África: Política de desenvolvimento e as relações Sul-Sul no Governo Lula da Silva. SÉCULO XXI, Porto Alegre, v. 1, n.1, p.127-155, jan. – dez. 2010

FARIAS, H. C. A estratégia do Brasil na África: fundamentos geopolíticos e mecanismos de financiamento no ciclo recente de expansão econômica (2003-2014). Tese de Doutorado, UFRJ, 2017

FIORI, J. L. O poder global e a nova geopolítica das nações. São Paulo. Crítica y Emancipación. 157-183, primeiro semestre de 2009.

FIORI, J. L. História, estratégia e desenvolvimento: para uma geopolítica do capitalismo. São Paulo: Boitempo, 2014.

GARCIA, A. S.; FONTES, V. Brazil’s new imperial capitalism. Socilaist Register, Toronto, 2014.

GARCIA, A. S.; KATO, K. Políticas públicas e interesses privados: uma análise a partir do Corredor de Nacala em Moçambique. Caderno CRH, Salvador, v. 29, n. 76, p. 69-86, Jan. - Abr. 2016.

GARCIA, A. S.; KATO, K.; FONTES, C. A história contada pela caça ou pelo caçador? Perspectivas sobre o Brasil em Angola e Moçambique. PACS, 2012

GRAMSCI, A. Breves notas sobre a política de Maquiavel. In: Carlos Nelson Coutinho, Marco Aurélio Nogueira e Luís Sérgio Henriques (orgs). Cadernos do Cárcere, vol. 3. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

MILANI, C. Aprendendo com a história: Críticas à experiência da cooperação norte-sul e atuais Desafios à cooperação sul-sul. CADERNO CRH, Salvador, v. 25, n. 65, p. 211-231, Maio - Ago. 2012

MINISTÉRIO DE RELAÇÕES EXTERIORES. Balanço da Política Externa 2003-2010. Brasília, 2010

NYE Jr, J. S. O Futuro do Poder. São Paulo: Benvirá, 2012

RAFFESTIN, C. Por uma Geografia do Poder. São Paulo: Ática, 1993

RAFFESTIN, C. Space, territory, and territoriality: Enviroment and Planning. Society and Space. v. 30, p. 121 – 141, 2012

ROCHA, A. S. Território e hegemonia no tear das relações internacionais na cooperação Sul-Sul - apontamentos sobre aproximação Brasil–África. Anais... I Congresso Brasileiro de Geografia Política, Geopolítica e Gestão do Território, 2014, Rio de Janeiro, p. 39-48, 2014

SCHMITZ, G. O. Mapeando a Cooperação para o desenvolvimento. Desafios do desenvolvimento, v. 8, n. 65, 2011.

THOMPSON, E. P. Tradición, Revuelta y Consciência de Clase. Barcelona: Crítica, 1979.

VISENTINI, P. F. Cooperação Sul-Sul, diplomacia de prestígio ou imperialismo “soft”? as relações Brasil-África no governo Lula. Revista SÉCULO XXI, Porto Alegre, v. 1, n.1, p.65-84, 2010.

Downloads

Publicado

2020-12-04

Como Citar

XAVIER DE ABREU, G. L. (2020). Cooperação Sul-Sul entre Brasil e África: utilizando a geopolítica crítica para analisar a construção de hegemonia no caso do Cotton-4+Togo. Revista Geografias, 28(2), 96–115. https://doi.org/10.35699/2237-549X .2020.21915

Edição

Seção

Dossiê - A inserção dos estudos geográficos brasileiros nos estudos globais