Do espaço público de lazer ao espaço público do medo

: o caso da Praça Waldemar Henrique na cidade de Belém (PA)

Autores

  • Elcivânia de Oliveira Barreto Universidade Federal do Pará
  • Simão Bossi Santana Universidade Federal do Pará - UFPA

Palavras-chave:

Espaço Público, Práticas espaciais, Lazer, Medo, Praça Waldemar Henrique.

Resumo

Este artigo traz uma breve reflexão acerca do espaço público. Para a compreensão da temática, utilizou-se como estudo de caso a Praça Waldemar Henrique, praça que nos incita a pensá-la enquanto espaço de passagem e do medo, localizada no Bairro do Reduto na cidade de Belém, estado do Pará. Provocados por esse primeiro olhar, buscamos identificar e analisar as práticas espaciais que se desenrolam na praça e as concepções de espaço público daqueles que cotidianamente mantêm uma relação com esse espaço. Para tanto, foram realizadas visitas de campo e entrevistas entre os dias 22 e 24 de setembro e as informações obtidas foram analisadas à luz de estudos e pesquisas de: Serpa (2007), Leite (2004), Jacobs (2000), Souza (2008) e Lefebvre (2016), auxiliando-nos na compreensão do processo que conduziu a Praça Waldemar Henrique por uma trajetória que remonta à sua concepção enquanto espaço voltado ao lazer e manifestações culturais, até o presente que a coloca como um espaço de representação, restringido de práticas espaciais e ações públicas relativas, principalmente, à sua Gestão Governamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-07

Como Citar

de Oliveira Barreto, E., & Santana, S. B. . (2020). Do espaço público de lazer ao espaço público do medo: : o caso da Praça Waldemar Henrique na cidade de Belém (PA). Revista Geografias, 28(2), 157–173. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/geografias/article/view/26580

Edição

Seção

Artigos