Transporte Fluviomarítimo e Turismo: A Viagem à Soure e as Perspectivas de Desenvolvimento Local

  • Thiliane Regina Barbosa Meguis Universidade Federal do Pará (UFPA)

Resumo

O objetivo principal desta pesquisa foi analisar a importância do transporte fluviomarítimo no turismo e no desenvolvimento local de Soure-PA, e como objetivos específicos: analisar a visão dos agentes dinamizadores da atividade turística sobre o transporte fluviomarítimo; analisar a percepção dos usuários sobre o transporte fluviomarítimo para Soure; identificar as iniciativas do setor público, privado e da sociedade civil para a viabilização do turismo e do transporte fluviomarítimo; e por fim entender como ocorre a locomoção dentro de Soure, a partir de uma trajetória balizada nas relações entre os agentes que influenciam diretamente nas ações implementadas no serviço de transporte para a localidade. Como opção teórico-metodológica, foram seguidas as orientações propostas Castells, explorando seu referencial nas investigações e os conceitos da configuração de uma sociedade em redes, mas também se alicerça em teorias que tratam do transporte, do turismo, da interdependência entre o serviço de transporte e o turismo, do planejamento e da evolução do transporte fluviomarítimo na Amazônia e em Soure. De cunho qualitativo, esta pesquisa foi realizada com base em estudos exploratórios, por meio da combinação entre levantamento bibliográfico e pesquisa de campo, com observações sistemáticas e entrevistas semiestruturadas. Foi possível observar que o serviço de transporte é para o planejamento do turismo, um dos elementos fundamentais para que a atividade aconteça. Ele é o meio de locomoção e faz com que o visitante e o local visitado sejam colocados em contato, ligando diferentes lugares, contextos e culturas. Neste sentido, percebeu-se que parte dos problemas vivenciados pelos entrevistados em Soure é decorrente da falta de políticas e ações do poder público e da iniciativa privada ou até mesmo o descaso, com relação às dificuldades que afetam diretamente o usuário, e que refletem no turismo. Influenciando decisivamente no desenvolvimento de Soure, bem como na competitividade do destino, que só acontece com a prática da atividade turística. Portanto, a gestão de serviços públicos exige que ocorram articulações dos diversos atores sociais para a construção de políticas públicas e demandem uma nova perspectiva social, para que seja possível a ocorrência de direitos e não de necessidades, pois os atores envolvidos são sujeitos, que devem participar da construção da realidade social, prevalecendo, assim as relações entre iguais.

Publicado
2019-06-25
Seção
Tome Ciência