A Prática de Lazer na Web a Partir do Consumo de K-Dramas

  • Sok Cheng Gun Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: K-dramas, Internet, Atividades de Lazer

Resumo

O presente artigo tem por objetivo identificar o modo pelas quais são consumidos os dramas de origem sul-coreana no âmbito do lazer. Foram realizadas pesquisas bibliográficas acerca da evolução de tais produções quanto a Onda Coreana e, assim, identificar o papel da internet no acesso a esses produtos audiovisuais. Com os questionários, procurou-se descrever o perfil desses consumidores com relação às tais práticas. Os resultados mostraram que grande parte dos que assistem a esses programas, consomem outras produções asiáticas apesar de nem sempre estarem ligadas a Coreia do Sul. As plataformas de streamings oficiais, assim como os fansubs, tem contribuído fortemente na promoção de tais produções mesmo que indiretamente, assim como com a disseminação da Onda Coreana. Quanto ao lazer, grande parte dos respondentes citou atividades voltadas ao ambiente virtual, bem como atividades voltadas ao turismo, e ao social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBUQUERQUE, A.; CORTEZ, K. Ficção Seriada, Cultura Nacional e Des-Ocidentalização: o caso dos Animês. Contemporânea: Revista de Comunicação e Cultura, Niterói, v. 11, n. 1, p.56-71, jan. 2013.

ANGELUCI, R. A.; CONTE, C. P. Considerações acerca do direito constitucional ao lazer e entretenimento: Jogos virtuais e o direito de jogar. In: CONGRESSO NACIONAL DO CONPEDI: XX Anos Da Constituição Da República Do Brasil: Reconstrução, Perspectiva e Desafios, 17., 2008, Brasília. Anais... . Brasília: 2008. p. 3153 - 3165. Disponível em: https://s3.amazonaws.com/conpedi2/anteriores/XVII+Congresso+Nacional+-+Bras%C3%ADlia+(20%2C+21+e+22+de+novembro+de+2008).pdf . Acesso em: 26 jul. 2018.

CAMARGO, L. O. L. O que é lazer? São Paulo: Brasiliense, 1986.

CAMPOS, T. B.; TEODORO, M. C.; GOBBI, M. C. Doramas: cenários da cultura asiática. Cesumar, São Paulo, v. 17, n. 2, p.173-181, dez. 2015.

CINTAS, J. D.; SÁNCHEZ, P. M. Fansubs: Audiovisual Translation in an Amateur Environment. The Journal of Specialised Translation, Londres, v. 6, p.37-52, jul. 2006. Disponível em: https://www.jostrans.org/issue06/art_diaz_munoz.pdf. Acesso em: 18 jul. 2018.

COREIA DO SUL. Serviço de cultura e informação sobre a Coreia. Fatos Sobre a Coreia. Seul: Serviço de Cultura e Informação sobre a Coreia Ministério da Cultura, Esportes e Turismo, 2015. 272 p. Tradutor: Park Won-bock.

DUMAZEDIER, J. Valores e conteúdos culturais do lazer. São Paulo: SESC,1980

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008. 201 p.

JOO, J. Transnationalization of Korean Popular Culture and the Rise of ‘‘Pop Nationalism’’ in Korea. The Journal of Popular Culture, [S. l.], v. 44, n. 3, p.489-504, jun. 2011.

MADUREIRA, A. V. A. C.; MONTEIRO, D. S. M.; URBANO, K. C. L. Fãs, mediação e cultura midiática: dramas asiáticos no Brasil. In: JORNADA INTERNACIONAL GEMINIS, 1., 2014, São Carlos. Artigo. São Carlos: Jornada Internacional Geminis, 2014. p. 1 - 16.

MARCELLINO, N. C. Lazer e Educação. Campinas: Papirus, 1990.

MAZUR, D. A televisão sul-coreana no atual contexto global: Um panorama introdutório. In: ONGRESSO TELEVISÕES, 1, 2017, Niterói. Anais ... 2017. v. 1.

MONTEIRO, D. S. M. A onda coreana e a representação do passado em “reply 1997”. 2014. 70 f. Curso de Estudos de Mídia, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014.

PÉRGOLA, A. C. O cinema e a produção audiovisual: Um estudo preliminar sobre as novas formas de distribuição na internet. Universidade Federal de São Carlos, 2004.

PIRES, G. L.; ANTUNES, S. E. Revisitando os interesses intelectuais do lazer mediante as inovações tecnológicas de informação/comunicação. In: MARCELLINO, N.C. Lazer e cultura. p. 89-117. Campinas: Alínea, 2007.

SCHWARTZ, G. M. O conteúdo Virtual do Lazer: Contemporizando Dumazedier. Licere, Belo Horizonte, v.2, n.6, p.23-31, 2003. Disponível em: http://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/4133/3025. Acesso em: 09 abr. 2018.

SERVICE, Korean Culture And Information. K-Drama: A New TV Genre with Global Appeal. Coréia do Sul: [s.n.], 2015. 145 p.

SERVICE, K. C. I. The Korean Wave: A New Pop Culture Phenomenon. [s.i.]: Ministry Of Culture, Sports And Tourism, 2011. 102 p.

SHIM, D. Hybridity and the rise of Korean popular culture in Asia. Sage Journals, [s.l.], v. 28, n. 1, p.25-44, jan. 2006. Disponível em: httpS://mcs.sagepub.com/content/28/1/25 . Acesso em: 7 jun. 2018.

TANAKA, M.; SAMARA, B. S. A Onda Coreana: A Influência da Novela “Sonata de Inverno” no Telespectador Feminino do Japão. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 35., 2013, Manaus. Anais... . Manaus: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, 2013. p. 1 - 14. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2013/resumos/R8-1366-1.pdf. Acesso em: 12 abr. 2018.

VIANA, J. A. Animação cultural e práticas de lazer na internet: aproximações. Licere, Belo Horizonte, v. 10, n. 3, p.1-19, out. 2007. Disponível em: http://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/659 . Acesso em: 08 jul. 2018.

Publicado
2020-03-19
Como Citar
Gun, S. C. (2020). A Prática de Lazer na Web a Partir do Consumo de K-Dramas. LICERE - Revista Do Programa De Pós-graduação Interdisciplinar Em Estudos Do Lazer, 23(1), 360-393. https://doi.org/10.35699/1981-3171.2020.19770
Seção
Artigos Originais