O São Paulo Fashion Week sob a ótica do lazer: uma história do tempo presente (1996-2006)

  • Cláudia Heringer Henriques Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Lazer, Consumo, Espetáculo, Entretenimento.

Resumo

Com desfiles de moda que impressionam pela harmonia entre cenário, cores e
criatividade na representação de outras culturas, o evento São Paulo Fashion Week
(SPFW) tornou-se o objeto dessa pesquisa pelas possibilidades de estudo que poderia
oferecer ao campo do lazer. A influência cultural - percebida tanto no conceito do
evento, quanto na obra dos estilistas nos desfiles - atrai não apenas o olhar de
profissionais da área, mas também do público que busca outros sentidos, como o do
lazer, ao longo da semana da moda. O objetivo desse estudo foi analisar e identificar
que elementos presentes na SPFW, no período de 1996 a 2006, contribuíram para a
consolidação desse evento brasileiro, tendo em vista sua relação com o espetáculo,
entretenimento, consumo e lazer. A combinação das pesquisas bibliográfica e
documental fundamentou os encaminhamentos metodológicos. Além da revisão de
literatura, a pesquisa documental, realizada no Arquivo Público do Estado de São Paulo,
contemplou as reportagens dos cadernos diários Cotidiano e Ilustrada, dos suplementos
Informática, Brasil e Acontece e das notas de capa do jornal Folha de São Paulo, no
período de 1996 a 2006. A abordagem da história do tempo presente, no contexto da
sociedade urbana brasileira e de suas mudanças no decorrer de sua existência,
possibilitou a análise de um período considerado recente e próximo do pesquisador. A
história do presente é um momento particularmente favorável à observação da ação do
tempo passado sobre o presente e, enfim, uma troca palpável entre memória e
acontecimento. Para o tratamento dos dados, foi utilizada a técnica de análise de
conteúdo. A partir das reflexões estabelecidas, as relações de consumo, presentes na
SPFW pela espetacularização dos desfiles e publicação nos diversos meios de
comunicação, tornaram-se evidentes. A presença de modelos e celebridades contribui
para a divulgação de marcas e do evento, por sua aparição na mídia associada à venda
de produtos. Os espaços utilizados para os desfiles, o aumento no número de marcas
participantes e de seus convidados durante a semana fashion demonstram a relevância
social desse evento. Vários momentos, como os intervalos entre os desfiles,
compreendem um tempo-espaço para a vivência do lazer, por meio das relações sociais
estabelecidas com a cultura nos lounges, bares e exposições. A apresentação de
elementos da cultura nas roupas e nos desfiles proporcionou a expansão da moda
brasileira e a conseqüente visibilidade internacional. Esses fatores evidenciados na
SPFW contribuíram para a consolidação do evento brasileiro, estabelecendo estreitas
associações com o lazer, o entretenimento, o espetáculo e o consumo. Além dos itens
discutidos nesse trabalho, as reportagens encontradas na Folha de São Paulo suscitam
inúmeras possibilidades de temas para aprofundamento no estudo do lazer em
associação ao espetáculo, ao entretenimento e ao consumo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Heringer Henriques, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestre em Lazer pela UFMG. Docente da Universidade Presidente Antonio Carlos UNIPAC/FESAM
Unidade Matosinhos – MG.

Publicado
2009-03-20
Seção
Tome Ciência