Estudo Qualitativo Dos Principais Atributos que Determinam a Percepção de Qualidade de um Programa de Rádio Educativo Universitário Conduzido por Alunos do Programa de Educação Tutorial do curso de Administração

Autores

  • Angélica Braga Cardoso Universidade Federal de Minas Gerais
  • Romário Rocha Sousa Universidade Federal de Minas Gerais
  • Daniel Francisco Bastos Monteiro Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Rádio educativa, Percepção da qualidade, Micro e pequenas empresas.

Resumo

Este artigo apresenta uma análise qualitativa dos principais atributos que determinam a qualidade percebida de um programa de rádio educativo universitário voltado para a divulgação do conhecimento em gestão para a comunidade não universitária. Para tanto, adotou-se um procedimento qualitativo para a coleta e tratamento dos dados. Utilizou-se a técnica de entrevistas individuais. Dez micros e pequenos empresários de diversos tipos de negócios, localizados na região metropolitana de Belo Horizonte, foram entrevistados em profundidade. A análise do conteúdo das entrevistas revelou a existência de quatro categorias de atributos na formação da qualidade percebida, foram elas: gênero musical, horário do programa, conteúdo abordado e linguagem utilizada. Os resultados obtidos foram confrontados com o conteúdo e o formato do programa de rádio existente conduzido por alunos do Programa de Educação Tutorial (PET)  do curso de Administração. Esta atividade permitiu a reformulação do programa e possibilitou uma reflexão pelo grupo de estudantes e gestores da Rádio acerca da forma como o programa deve ser conduzido e avaliado.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-06-22

Como Citar

CARDOSO, A. B.; SOUSA, R. R.; MONTEIRO, D. F. B. Estudo Qualitativo Dos Principais Atributos que Determinam a Percepção de Qualidade de um Programa de Rádio Educativo Universitário Conduzido por Alunos do Programa de Educação Tutorial do curso de Administração. Revista Multiface Online, [S. l.], v. 3, p. 4–18, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/multiface/article/view/20129. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos