Euráfrica: integração após o processo colonial? Reflexões a partir da experiência do Congo Belga

Autores

  • Bovick Wandja Yemba Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Euráfrica, colonização, pensamento econômico, Congo Belga

Resumo

O texto busca introduzir uma discussão sobre a Euráfrica, projeto de integração entre os continentes europeu e africano concebido no período entre guerras. Por muito tempo permaneceu uma “concepção imaculada” (HANSEN; JONSSON, 2014) desse termo e é necessário um olhar crítico sobre essa questão. O processo de formação da Comunidade Econômica Europeia, o primórdio da União Europeia, contou com a inclusão de algumas colônias de seus países membros, dentre as quais se enquadra o Congo Belga, atual República Democrática do Congo. Seria possível um processo de exploração se reverter automaticamente quando da independência dos países africanos? É possível falar sobre integração econômica e política no contexto de recente dominação? Trata-se de um texto introdutório que busca analisar criticamente o processo de descolonização do continente africano, tomando a experiência congolesa como exemplo, e a continuidade da exploração, agora em outros termos, pelas antigas metrópoles.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bovick Wandja Yemba, Universidade Federal de Minas Gerais

Faculdade de Ciências Econômicas

Downloads

Publicado

2017-11-28

Como Citar

YEMBA, B. W. Euráfrica: integração após o processo colonial? Reflexões a partir da experiência do Congo Belga. Revista Multiface Online, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 67–71, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/multiface/article/view/20165. Acesso em: 30 nov. 2021.

Edição

Seção

Textos Introdutórios