O Estado de Bem-Estar Europeu em uma Perspectiva Histórica: O Gradual Processo de Liberalização das Políticas Sociais de Trabalho

Autores

  • Amanda Soares de Faria Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Estado de Bem-estar Social, Europa Continental, União Europeia, Políticas Sociais, Políticas de Trabalho e Emprego.

Resumo

A partir de uma perspectiva histórico-comparada, o artigo analisa o surgimento e a retração do Estado de Bem-estar Social nos países europeus, com enfoque na Europa Continental. Busca-se compreender como as transformações do capitalismo global, com início nos 1970, as quais vieram a se institucionalizar nos anos 1990 com a formação da União Europeia, afetaram o desenho institucional das políticas sociais, com ênfase nas políticas de trabalho e emprego. A principal conclusão é que, apesar das variações observadas no ritmo e intensidade das reformas realizadas pelos países da Europa Continental, todos caminharam na direção de maior flexibilização da proteção social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Soares de Faria, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduanda em Relações Econômicas Internacionais da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais.

Downloads

Publicado

2018-12-29

Como Citar

DE FARIA, A. S. O Estado de Bem-Estar Europeu em uma Perspectiva Histórica: O Gradual Processo de Liberalização das Políticas Sociais de Trabalho. Revista Multiface Online, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 35–48, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/multiface/article/view/20194. Acesso em: 9 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos