Os fragmentos de Varrão Atacino: tradução e notas

  • Jéssica Frutuoso Mello Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL), Alfenas, Minas Gerais / Brasil
Palavras-chave: Varrão Atacino, Argonautas, Topografia, Notas, Guerra Sequana

Resumo

Apresenta-se a tradução para o português dos fragmentos das obras de Varrão Atacino – Argonautas, Topografia, Notas e Guerra Sequana –, precedida de uma breve introdução sobre o autor. Varrão é um poeta sobre o qual pouco se sabe, e as poucas informações que restam são questionáveis. Infelizmente, processo semelhante ocorre com sua obra, que foi quase inteiramente perdida, restando apenas 26 fragmentos. A tradução realizada prioriza o sentido do texto. Constam, em notas de rodapé, comparações das edições consultadas, assim como possíveis equivalências aos trechos das obras de Apolônio de Rodes e Arato, já que seus poemas Argonautas e Notas seriam traduções daquelas, respectivamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

APOLLONIO Rhodio. Os argonautas: poema de Apollonio Rhodio. Tradução de José Maria da Costa e Silva. Lisboa: Imprensa Nacional, 1852. Disponível em: https://books.google.pt/books?id=bC45AQAAMAAJ&printsec=frontcover&hl=pt-PT#v=onepage&q&f=false. Acesso em: 15 nov. 2017.

APOLLONIUS RHODIUS. Argonautica. Edited by George W. Mooney. Londres: Longmans, Green & Co., 1912.

APOLÔNIO de Rodas. Las argonáuticas. Traducción de Manuel Pérez López. Madrid: Ediciones Akal, 1991.

ARATO. Fenómenos. In: ARATO; GÉMINO. Fenómenos: Introducción a los fenómenos. Traducción de Esteban Calderón Dorda. Madrid: Editorial Gredos, 1993. p. 8-148.

ARATO. Fenômenos. Tradução de Rafael Matiello Brunhara et al. Cadernos de tradução, Porto Alegre, n. 38, p. 1-84, jan./jul. 2016.

BAEHRENS, Aemilius. Fragmenta poetorum romanorum. Lipsiae: Teubner, 1886. p. 332-336. Disponível em: https://archive.org/details/fragmentapoetaru00baehuoft. Acesso em: 17 fev. 2016.

BLÄNSDORF, J. Fragmenta poetarum latinorum epicorum et lyricorum: praeter enni annales et ciceronis germaniciqve aratea. Göttingen: Hubert & Co. GmbH & Co. KG, 2011. DOI: https://doi.org/10.1515/9783110254495.

BRUNO, H. Pérsio: introdução, tradução e notas. 1981. 198f. Dissertação (Mestrado em Letras Clássicas) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1981. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8143/tde-14092016-121604/pt-br.php. Acesso em: 13 maio 2018.

COURTNEY, E. P. Terrentius Varro Atacinus. In: COURTNEY, E. The Fragmentary Latin Poets. Oxford: Oxford University Press, 2003. p. 235-253.

CROWTHER, N. B. Varro Atacinus: Traditional or Neoteric Poet?. L’Antiquité Classique, Bruxelles, v. 56, p. 262-268, 1987. DOI: https://doi.org/10.3406/antiq.1987.2215. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/41656886. Acesso em: 02 abr. 2014.

EDWARDES, H.; WHELLER, G. B. The School and College Virgil, Æneids VII to XII: with English Notes. Dublin: S. J. Machen, 1845.

FLACCUS, Valerius C. C. Valeri Flacci Setini Balbi Argonauticon Libri Octo. Leipzig: Teubner, 1913.

FLACO, Gaio Valério. Cantos Argonáuticos. Tradução de Márcio Meirelles Gouvêa Júnior. Lisboa: Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, 2010.

GAYRAUD, M. Un Narbonnais du Ier siècle avant J.-C.: le poète Varron de l’Aude. Bulletin de l’Association Guillaume Budé: Lettres d’Humanité, Paris, n. 30, p. 647-665, dez. 1971. DOI: https://doi.org/10.3406/bude.1971.4270. Disponível em: https://www.persee.fr/doc/bude_1247-6862_1971_num_30_4_4270. Acesso em: 14 maio 2018.

HOLLIS, A. S. Fragments of Roman Poetry: c. 60 BC-AD 20. Oxford: Oxford University Press, 2007.

HORACE. Satyrarum libri. In: HORACE. The Works of Horace. Edição de C. Smart. Philadelphia: Joseph Whetham, 1836. v. II.

HORÁCIO. Sátiras. Tradução de Antônio Luís Seabra. Rio de Janeiro: Ediouro, [199-?].

LEE, M. O. Virgil as Orpheus: A Study of the Georgics. Nova Iorque: SUNY Press, 1996.

LUCANUS, M. Annaeus. Pharsaliae Libri X. Edição de Carolus Hermannus Weise. Leipzig: G. Bassus, 1835.

NATIVIDADE, E. S. Os Anais de Quinto Ênio: estudo, tradução e notas. 264f. 2009. Dissertação (Mestrado em Letras Clássicas) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8143/tde-02022010-162128/pt-br.php. Acesso em: 14 maio 2018.

OVÍDIO. Amores. In: DUQUE, Guilherme Horst. Do pé à letra: os Amores de Ovídio em tradução poética. 263 f. 2015. Dissertação (Mestrado em Letras) – Centro de Ciências Humanas e Naturais, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2015. p. 68-172. Disponível em: http://repositorio.ufes.br/bitstream/10/6777/1/Dissertacao%20Guilherme%20Duque.pdf. Acesso em: 09 jun. 2018.

OVÍDIO. Obras: Os Fastos, Os amores e A arte de amar. Tradução de Antônio Feliciano de Castilho. São Paulo: Cultura, 1943.

P. OVIDIUS Naso. Amores, Epistulae, Medicamina faciei femineae, Ars amatoria, Remedia amoris. Edição de R. Ehwald a partir de Rudolphi Merkelii. Leipzig: Teubner, 1907.

P. OVIDIUS Naso. Tristia. Edição de Arthur Leslie Wheeler. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1939.

PERSIUS. Juvenal and Persius with an English Translation. Edited and translated by G. G. Ramsay. Londres/Nova York: William Heinemann: G. P. Putnam’s Son, 1918.

POLT, Christopher B. Allusive Translation and Chronological Paradox in Varro of Atax’s Argonautae. American Journal of Philology, Baltimore, v. 134, n. 4, p. 603-636, 2013. DOI: https://doi.org/10.1353/ajp.2013.0038. Disponível em: https://www.academia.edu/7104746/Allusive_Translation_and_Chronological_Paradox_in_Varro_of_Atax_s_Argonautae. Acesso em: 02 abr. 2014.

PRISCIANI. Institutionum Grammaticarum Libri I-XII. Edição de Martini Hertzii. In: KEILII, H. Gramatici Latini. Leipzig: Tebner, 1855. Disponível em: https://archive.org/details/PriscianiInstitutionumGrammaticarumLibri. Acesso em: 15 maio 2018.

PROPÉRCIO. Tradução de Paulo Martins. In: MARTINS, P. O jogo elegíaco: fronteiras entre a cultura intelectual e a ficção poética. Nuntius Antiquus, Belo Horizonte, v. 11, n. 1, p. 137-172, 2015. Disponível em: http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/nuntius_antiquus/article/download/8539/8666. Acesso em: 26 fev. 2017.

PROPERTIUS. Elegies. Edição de Lucian Mueller. Leipzig: Teubner, 1898.

QUINTILIAN. Institutio oratoria. Edição de Harold Edgeworth Butler. Cambridge, Mass.: Harvard University Press; Londres: William Heinemann Ltd., 1922.

QUINTILIANO. Livro X da Institutio oratoria. Tradução de Antônio Martinez Rezende. In: REZENDE, A. M. Rompendo o silêncio: a construção do discurso oratório em Quintiliano. 2009. 280 f. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos) – Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009. p. 184-274. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/ALDR-7U8PNU/1432d.pdf?sequence=1. Acesso em: 09 ago. 2016.

RODRIGUES JÚNIOR, F. Aristos Argonauton: o heroísmo nas Argonáuticas de Apolônio de Rodes. 2010. 272 f. Tese (Doutorado em Letras Clássicas: Estudos Literários) – Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8143/tde-28012011-093845/pt-br.php. Acesso em: 11 jan. 2014.

SÁNCHEZ, M. V.; PRENERÓN, I. V. Varrón Atacino, traductor de las Argonáuticas. Estudios Románicos, Murcia, v. 5, p. 1395-1401, 1989. Disponível em: http://revistas.um.es/estudiosromanicos/article/view/80501/77741. Acesso em: 03 abr. 2014.

SENECA, el Viejo. Controversias: libros VI-X; Suasorias. Traducción de Ignacio Javier Adiego Lajara, Esther Artigas Álvarez e Alejandra De Riquer Permanyer. Madrid: Editorial Gredos, 2005.

SENECA, the Elder. The Elder Seneca: Declamations in Two Volumes. Edited by M. Winterbottom. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1974.

VERGIL. Bucolics, Aeneid, and Georgics of Vergil. Edited by J. B. Greenough. Boston: Ginn, 1900.

VIRGÍLIO. As Geórgicas de Virgílio. Tradução de José Félix Pereira. Lisboa: Typographia Universal, 1875. Disponível em: https://archive.org/details/asgeorgicasdevir00virg. Acesso em: 18 mar. 2018.

VIRGÍLIO. Eneida. Tradução de José Victorino Barreto Feio e José Maria da Costa e Silva (livros IX-XII). São Paulo: Martins Fontes, 2004.

Publicado
2020-01-24
Como Citar
Mello, J. F. (2020). Os fragmentos de Varrão Atacino: tradução e notas . Nuntius Antiquus, 15(2), 159-176. https://doi.org/10.17851/1983-3636.15.2.159-176
Seção
Traduções