Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

Diretrizes para Autores


NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

A Revista Brasileira de Estudos do Lazer é uma publicação da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Estudos do Lazer (ANPEL http://anpel.com.br/) sem fins lucrativos que objetiva divulgar a produção científica nacional e internacional sobre o Lazer e temas afins. Aceita somente artigos inéditos, nos idiomas: português, espanhol, inglês e francês.


POLÍTICAS DE SEÇÃO

Artigos originais: Artigos resultantes de pesquisa científica, que apresentem informações originais e descobertas de característica filosófica, histórica, sociocultural e/ou pedagógica, com metodologia bem definida, que incluam análises e/ou inferências consistentes, com potencial de contribuir com o avanço do campo de estudos do lazer. Todos os artigos deverão respeitar o limite de 6.000 a 8.000 palavras e serão avaliados por, pelo menos, dois pareceristas, observando o sistema duplo-cego.

Ensaios: Seção composta por artigos de revisão e/ou reflexão sobre um determinado tema, apontando para possíveis conclusões e/ou novas interpretações, sem necessidade de sustentação em base empírica. Todos os ensaios deverão respeitar o limite de 6.000 a 8.000 palavras e serão avaliados por, pelo menos, dois pareceristas, observando o sistema duplo-cego.

Resenhas: Seção destinada a análises críticas de obras – bibliográficas, audiovisuais, etc. - que tenham sido lançadas no máximo há três anos ou livros clássicos reeditados que tenham relação direta com o escopo da revista. Não serão aceitos manuscritos sobre obra de qualquer natureza (lançamento ou reedição) que já possua resenha publicada. As resenhas serão avaliadas pela Editoria e/ou pela Comissão Editorial. e deverão respeitar o limite de 1.000 a 2.000 palavras.

Dossiê: Seção voltada para artigos que merecem destaque, cujos temas são decididos por critérios dos Editores, em parceria com a Comissão Editorial. Nessa seção podem ser publicados diferentes tipos de trabalhos, tais como textos de revisão - estado da arte - sobre tema considerado relevante, trabalho de um autor específico, cuja obra tenha reconhecimento e repercussão nacional e/ou internacional, etc. Essa Seção propõe, ainda, estimular o diálogo constante com a comunidade acadêmica na qual está integrada, ampliando possibilidades para debates do momento e induzindo reflexões sobre os estudos do lazer. A Editoria se reserva o direito de convidar autores para publicarem nessa seção, assim como se propõe a estimular a participação de outros que, porventura, queiram adentrar nos debates. Esses artigos passarão pelo crivo da Editoria e/ou Comissão Editorial. A critério dos Editores, os trabalhos de autores convidados para a seção Dossiê poderão exceder o limite de 6.000 a 8.000 palavras. A partir de dezembro de 2018, a seção Dossiê passou a ser incluída de forma eventual nos números publicados pela RBEL.

Entrevistas: Seção destinada a manuscritos elaborados no formato de entrevistas com autores, pesquisadores e profissionais com destacada produção acadêmica no campo de estudos do lazer. Os textos serão avaliados pela Comissão Editorial e deverão respeitar o limite de  2.000 a 3.000 palavras.


ESTRUTURA DOS ARTIGOS

Os textos deverão ser redigidos em formato A4 com todas as margens 2,5 cm, fonte Arial Narrow 12, espaço 1,5 observando o limite de palavras, incluindo título, resumo e palavras-chave em três idiomas (português, inglês e espanhol) e também as referências bibliográficas (utilize: Ferramentas => contar palavras). 

Deve constar na estrutura dos artigos:

Título e subtítulo em CAIXA ALTA que identifique o conteúdo em português, inglês e espanhol. O subtítulo (se houver) também deverá ser colocado em local separado nos metadados em CAIXA ALTA.

Resumo informativo em português, inglês e espanhol com até 200 palavras cada.

Palavras-chave (Palabras-clave, Keywords) constituídas de até quatro termos que identifiquem o assunto do artigo em português, inglês e espanhol, separados por ponto final. Sugestão: utilizar os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS). Disponível em: http://decs.bvs.br/;

Utilizar itálico somente para palavras estrangeiras.

Os manuscritos não podem conter qualquer identificação dos autores pra permitir o processo duplo-cego. Isso inclui que os arquivos em word sejam enviados sem identificação nas informações e propriedades do arquivo. Para fazer isso basta clicar em informações > inspecionar o documento e remover o nome do autor.

Texto propriamente dito. Cada parte do artigo poderá ser separada por subtítulos não numerados. Deverão ser destacados em negrito com somente a primeira letra do subtítulo em maiúsculas. Os parágrafos deverão ser recuados 1,25 cm da margem esquerda).

Ilustrações (fotografias, desenhos, gráficos, etc.): Devem ser numeradas consecutivamente em algarismos arábicos e citadas como figura. As fotografias devem ser acompanhadas de legenda colocadas na parte superior da ilustração. A qualidade das ilustrações deve ser no formato de imagem TIFF ou jpeg e ter uma resolução de 300dpi a 450dpi. Indicar a fonte na parte inferior da ilustração.

Tabelas: Caso essa tabela seja enviada em formato de ilustração deve-se restringir ao mínimo de 300dpi. A tabela deve estar em formato editável. O arquivo original em formato editável também deve ser encaminhado, pois isso favorece a revisão pelos pares e a padronização de layout da revista. Na edição final do artigo, os revisores poderão aconselhar alterações na quantidade e tamanho das tabelas a fim de se manter o padrão da revista.

Os arquivos das tabelas e figuras deverão ser submetidos juntamente com o artigo em arquivos em separado. 

Referências (São os documentos citados no texto conforme a ABNT/ NBR 6023:2002).
A lista de referências deve ser ordenada alfabeticamente, alinhada à margem esquerda e colocada ao final do artigo, citando as obras e fontes utilizadas. Para melhor compreensão e visualização, a seguir são apresentados exemplos de referências de diversos tipos.

Livros com 1 autor:
AUTOR. Título. Edição. Local: Editora, ano.
Exemplo:
GOMES, Christianne L. Lazer, trabalho e educação: relações históricas, questões contemporâneas. 2. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

Livros com 2 autores:
AUTORES separados por ponto e vírgula. Título. Edição. Local: Editor, ano.
Exemplo:
GOMES, Christianne L.; ELIZALDE, Rodrigo. Horizontes Latino-americanos do lazer/Horizontes latino-americanos del ocio. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

Livros com 3 autores:
AUTORES separados por ponto e vírgula. Título. Edição. Local: Editor, ano.
Exemplo:
WERNECK, Christianne L.G.; STOPPA, Edmur A.; ISAYAMA, Hélder F. Lazer e mercado. Campinas: Papirus, 2001.

Livros com mais de três autores:
Entrada pelo primeiro autor, seguido da expressão et al. Título. Local: Editora, ano.
Exemplo:
ISAYAMA, Hélder F. et al. Repertório de atividades de recreação e lazer: para hotéis, acampamentos, clubes, prefeituras e outros. Campinas: Papirus, 2002.

Livros com organizadores, coordenadores:
ORGANIZADOR ou COORDENADOR, etc. (Org. ou Coord. ou Ed.) Título. Local: Editora, ano.
Exemplo:
GOMES, Christianne L. (Org.). Dicionário crítico do lazer. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

Partes de livros com autoria própria (capítulos):
AUTOR DO CAPÍTULO. Título do capítulo. In: AUTOR DO LIVRO. Título. Edição. Local: Editora, data. Páginas inicial-final da parte.
Exemplo:
GOMES, Christianne L. A contribuição da pesquisa para a formação profissional em lazer. In: ISAYAMA, Hélder F. (Org.). Lazer em estudo: currículo e formação profissional. Campinas: Papirus, 2010. v.1, p. 87-102.

Documentos eletrônicos online:
AUTOR. Título. Local, data. Disponível em: < >. Acesso em: dd mm aaaa.
Exemplo:
PITANGA, F.J.G.; LESSA, I. Prevalência e fatores associados ao sedentarismo no lazer em adultos. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.21, n.3, p.870-877, Mai./Jun. 2005. Disponível em: < >. Acesso em 14 abr. 2014.

Dissertações, teses, trabalhos de conclusão de curso:
AUTOR. Título. Ano. Número de folhas. Tipo do documento (dissertação, tese ou monografia), (Categoria e área de concentração) – Nome da Faculdade, Nome da Universidade, cidade, ano da defesa.
Exemplo:
GOMES, Christianne L. Significados de recreação e lazer: reflexões a partir da análise de experiências institucionais (1926-1964). 2003. 322 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2003.

Trabalhos apresentados em eventos:
AUTOR DO TRABALHO. Título do trabalho. In: NOME DO EVENTO, número, ano, local de realização. Título da publicação... Local de publicação (cidade): Editora, data. Páginas inicial-final do trabalho.
Exemplo:
WERNECK, Christianne L. G. A constituição do lazer como um campo de estudos científicos no Brasil: implicações do discurso sobre a cientificidade e autonomia deste campo. In: ENCONTRO NACIONAL DE RECREAÇÃO E LAZER, 12, 2000, Balneário Camboriú. Coletânea... Balneário Camboriú: Roca/Universidade do Vale do Itajaí, 2000. p. 77-88.

Artigos de revistas/periódicos:
AUTOR DO ARTIGO. Título do artigo. Título da revista, local, v., n., páginas, mês, ano.
Exemplo:
GOMES, Christianne L. Estudos do Lazer e geopolítica do conhecimento. Licere, Belo Horizonte, v.14, n.3, p.1-25, Set. 2011.

Artigos de revistas/periódicos online:
AUTOR DO ARTIGO. Título do artigo. Título da revista, local, v., n., páginas, mês, ano. Disponível em: < >. Acesso em: dd mmm. aaaa.
Exemplo:
GOMES, Christianne L. Estudos do Lazer e geopolítica do conhecimento. Licere, Belo Horizonte, v.14, n.3, p.1-25, Set. 2011. Disponível em: < http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV14N03_ar1.pdf>. Acesso em: 01 Jan. 2014.

Artigos de jornais impressos:
AUTOR DO ARTIGO. Título do artigo. Título do jornal, local, data (dia, mês e ano). Caderno, p.
Exemplo:
NUNES, E. Retrato do nordeste; ou observações de uma estagiária do jornalismo, na terra que o presidente não viu. Estado de Minas, Belo Horizonte, 20 ago. 1980. Caderno 2, p.8.

Leis, decretos, portarias, etc.:
JURISDIÇÃO (Nome do país, estado ou município) ou NOME DA ENTIDADE (no caso de normas). Título, numeração e data (dia, mês e ano). Elementos complementares para melhor identificação do documento (se necessário). Dados da publicação que transcreveu o documento.
Exemplos:
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Brasília: Senado Federal, Centro Gráfico, 1988. 292 p.
MINAS GERAIS. Decreto n. 17.248 de 4 de julho de 1975. Minas Gerais, Belo Horizonte, 5 jul. 1975. p.5.

Deverão ser enviadas em um mesmo arquivo separado as seguintes informações:

Declaração de conflito de interesses:  informando os conflitos em potencial do estudo realizado para os autores.

Contribuições dos autores: informando as contribuições de cada autor para a elaboração do manuscrito enviado.

Observação: Todos os manuscritos publicados na RBEL devem ser originais, sendo que a revista utiliza softwares de identificação de plágio.


METADADOS:

Todos os autores deverão realizar seu cadastro na RBEL inserindo o nome completo do(s) autor(es), seguidos de titulação, vinculação institucional, cidade, estado e país, e-mail, orcid e endereço para correspondência; com indicação dos financiamentos relacionados ao trabalho a ser publicado.

Estas informações importantes serão utilizadas posteriormente para publicação do artigo, caso aceito, e são de exclusiva responsabilidade dos autores, NÃO podendo ser alteradas após a avaliação.

Deverão ser inseridos também no ato de submissão do artigo em metadados em português, inglês e espanhol:

títulos e subtítulo (após dois pontos) em caixa alta;

resumo e palavras-chave.

Estas informações poderão sofrer alterações caso seja indicado pelos avaliadores.


FORMA DE ENCAMINHAMENTO
Os artigos devem ser enviados em formato digital através da página: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbel. Qualquer dúvida, entrar em contato através do e-mail: rbel.anpel@gmail.com


CONDIÇÕES DE SUBMISSÃO
Como parte do processo de submissão, os autores são responsáveis por verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados. As submissões que não estiverem de acordo com as normas não serão avaliadas pela Revista Brasileira de Estudos do Lazer.

Os casos omissos serão analisados individualmente pelos editores da revista.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

A Revista Brasileira de Estudos do Lazer (RBEL) está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Link: https://creativecommons.org/licenses/by/3.0/br/